Alberto Romão Dias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Alberto Romão Dias (194115 de Julho de 2007) foi um professor de Engenharia Química do Departamento de Engenharia Química do Instituto Superior Técnico (IST) da Universidade Técnica de Lisboa.

Percurso académico[editar | editar código-fonte]

Romão Dias licenciou-se em Engenharia Química Industrial no Instituto Superior Técnico, em 1964, doutorou-se em Química Organometálica de Metais de Transição na Universidade de Oxford, em 1970, e agregou-se em Química Inorgânica no Instituto Superior Técnico, em 1979.

Professor[editar | editar código-fonte]

Professor catedrático do Instituto Superior Técnico, orientou ou co-orientou cerca de 28 teses de doutoramento e 10 teses de mestrado.

Em Outubro de 2006 publicou o livro Ligação Química. Este livro baseou-se no guia de estudo das aulas da cadeira de Química I leccionada pelo próprio no IST.

Investigador[editar | editar código-fonte]

Os seus interesses fixavam-se na área da química inorgânica, particularmente na química dos compostos de coordenação e na química organometálica dos metais de transição. Na fase final da sua vida dedicou-se ao estudo dos complexos mono e polinucleares contendo o fragmento M(η5-C5H5)2.

Interessou-se por outros tópicos, tais como a síntese de ligandos contendo fósforo, reacções com vapores metálicos e a preparação de compostos de metais de transição que sirvam como catalisadores na polimerização de olefinas.

Alguns cargos desempenhados[editar | editar código-fonte]

  • Secretário de Estado do Ensino Superior do VIII Governo Constitucional (1982-1983)
  • Presidente do Departamento de Engenharia Química do Instituto Superior Técnico (1984-1991; 1995-1999)
  • Membro da Comissão Coordenadora do Conselho Científico do Instituto Superior Técnico (1980-1982; 1984-1993; 1995-1999)
  • Secretário-Geral da Sociedade Portuguesa de Química (1978-1988)
  • Presidente da Sociedade Portuguesa de Química (1989-1991)
  • Presidente do Centro de Química Estrutural do Instituto Superior Técnico (1976-1982; 1986-1999)
  • Presidente do Complexo Interdisciplinar do Instituto Superior Técnico (1996-2004)

Distinções[editar | editar código-fonte]

  • Prémio Ferreira da Silva da Sociedade Portuguesa de Química
  • Número especial do Journal of Organometallic Chemistry: Organometallic Chemistry in Portugal - Alberto Dias' Influence (vol. 632, 2001)

Prémio Romão Dias[editar | editar código-fonte]

  • O Prémio Alberto Romão Dias foi instituído pela Sociedade Portuguesa de Química em 2009, sendo atribuído bianualmente durante a conferência da Divisão de Química Inorgânica. Este Prémio é concedido a um químico que, pela obra científica produzida em Portugal, tenha contribuído significativamente para o avanço da Química Inorgânica e Organometálica, em qualquer das suas áreas.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]