Alberto di Gondi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alberto di Gondi

Alberto di Gondi (Florença, 4 de novembro de 1522Paris, 21 de abril de 1602)[1] marquês de Belle-Isle (1573), Duque de Retz (de 1581) foi um marechal de França e um membro da família Gondi. Juntou-se ao tribunal de Henrique II de França em 1547. Servindo valentemente em várias campanhas militares, ele tomou parte do monarca durante as guerras de religião.[2]

Em 1575, Alberto di Gondi, comprou o senhorio de Versalhes. Gondi havia chegado a França com Catarina de Médici e sua família tornou-se influente na Assembléia dos Estados Gerais. Nas primeiras décadas do século 17, Gondi convidou Luís XIII de França em várias caçadas na floresta de Versalhes.[3]

Referências

  1. Albert Gondi (Florentine diplomat and politician) -- Britannica Online Encyclopedia (html) (em inglês). Britannica.com. Página visitada em 1 de novembro de 2009.
  2. Gondi Family (French family) -- Britannica Online Encyclopedia (html) (em inglês). Britannica.com. Página visitada em 1 de novembro de 2009.
  3. Palace of Versailles in France (php) (em inglês). chateau-versailles.net. Página visitada em 26 de outubro de 2009.

Bibiografia[editar | editar código-fonte]

  • Alain Decaux und André Castelot: "Dictionnaire d'Histoire de France", Paris, 1981, Librairie Académique Perrin, ISBN 2-262-00228-2
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.