Albino Mamede Cleto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
D. Albino Mamede Cleto
Bispo da Igreja Católica
Bispo Emérito de Coimbra
Atividade Eclesiástica
Diocese Diocese de Coimbra
Nomeação 29 de Outubro de 1997
Bispo Coadjutor
(sucedeu a
14 de Março de 2001)
Predecessor D. João Alves
Sucessor D. Virgílio do Nascimento Antunes
Mandato 20012011
Ordenação e Nomeação
Ordenação Presbiteral 15 de Agosto de 1959
Nomeação Episcopal 6 de Dezembro de 1982
Ordenação Episcopal 22 de Janeiro de 1983
Mosteiro dos Jerónimos
por D. António Ribeiro
Dados Pessoais
Nascimento Manteigas
3 de março de 1935
Falecimento Coimbra
15 de junho de 2012 (77 anos)
Nacionalidade Portuguesa
Habilitação Académica Licenciatura em Românicas pela Universidade de Lisboa
Funções Exercidas - Bispo Auxiliar de Lisboa
(1982-1997)
- Bispo Coadjutor de Coimbra
(1997-2001)
- Bispo de Coimbra
(2001-2011)
Títulos Anteriores Bispo Titular de Elvira
dados em catholic-hierarchy.org
Bispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

D. Albino Mamede Cleto (Manteigas, 3 de Março de 1935Coimbra, 15 de Junho de 2012) foi um bispo católico português.

Frequentou o seminário do Patriarcado de Lisboa, diocese onde foi ordenado presbítero a 15 de Agosto de 1959. Licenciou-se em Românicas pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e foi professor ocasional na Universidade Católica de Lisboa, onde leccionou Línguas e Literatura. No Patriarcado de Lisboa fez parte da equipa formadora do Seminário de Almada como prefeito de estudos e Vice-Reitor, presidiu à Comissão Administrativa do Santuário de Cristo-Rei, foi pároco da Paróquia da Estrela e membro da Comissão Diocesana de Arte Sacra do Patriarcado.

Foi nomeado bispo-auxiliar de Lisboa a 6 de Dezembro de 1982, com o título de Elvira pelo Papa João Paulo II. A sua ordenação espiscopal decorreu a 22 de Janeiro de 1983 no Mosteiro dos Jerónimos onde foi ordenado por D. António Ribeiro, cardeal-patriarca de Lisboa, por D. João Alves, bispo de Coimbra e por D. José da Cruz Policarpo, bispo-auxiliar de Lisboa. A 29 de Outubro de 1997 foi nomeado Bispo-coadjutor de Coimbra, onde tomou posse a 11 de Janeiro de 1998 e assumiu o governo da Diocese de Coimbra a 14 de Março de 2001 por resignação de D. João Alves. D. Albino Cleto foi também presidente da Comissão Episcopal dos Bens Culturais da Igreja e vogal da Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais.

Aos 28 de Abril de 2011 teve a sua renúncia aceite, por limite de idade, por Sua Santidade o Papa Bento XVI1 . Desde essa data foi Administrador Apostólico da diocese de Coimbra e a partir de 10 de Julho de 2011 tornou-se Bispo Emérito da diocese de Coimbra. Continuou a exercer o seu cargo de vogal na Comissão Episcopal de Liturgia e Espiritualidade.

Faleceu a 15 de Junho de 2012 nos Hospitais da Universidade de Coimbra.

Referências

  1. [1], Rinunce e Nomine, 28.04.2011
Precedido por
Onofre Cândido Rosa
Brasão episcopal
Bispo-titular de Elvira

19821997
Sucedido por
Gílio Felício
Precedido por
João Alves
Brasão episcopal
Bispo de Coimbra

20012011
Sucedido por
Virgílio do Nascimento Antunes


Ícone de esboço Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.