Alcetas II da Macedónia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Segundo Platão, que narra a história através do personagem Polus no diálogo Górgias, Alcetas II foi um rei da Macedónia.

Este rei não consta das listas de reis da Macedónia nas Crônicas, de Eusébio de Cesareia, em que Alexandre I da Macedónia reina 44 anos e é sucedido por Pérdicas II da Macedónia, que reina por 22 ou 23 anos.[1] [2]

No diálogo Górgias, Alcetas, rei da Macedónia, tinha uma escrava, com quem casou-se Pérdicas, irmão de Alcetas.[3] Desta união nasceu Arquelau.[3] Pela lei, Arquelau deveria ser também um servo de Alcetas.[4]

Arquelau assassinou seu tio Alcetas.[3] Arquelau atraiu Alcetas para sua casa, e prometeu restaurar a coroa que havia sido usurpada por Pérdicas e fez uma grande festa, onde Alcetas ficou embriagado. Alcetas foi levado, à noite, para fora da cidade em uma carruagem, onde ele foi assassinado.[4]

Arquelau também assassinou seu primo Alexandre, filho de Alcetas.[3] Arquelau colocou Alexandre na mesma carruagem que seu pai, e ordenou seu assassinato junto de Alcetas.[4] Quando Arquelau se tornou rei, sucedendo a seu pai Pérdicas, assassinou o filho legítimo de Pérdicas e Cleópatra, um menino de sete anos de idade, jogando-o em um poço e o afogando; dizendo, à mãe, que ele tinha caído por acidente.[3] [Nota 1]

De acordo com o aristocrata inglês Walter Raleigh, conhecido por ter popularizado o tabaco na Inglaterra [5] e por relatos fantasiosos que alimentaram a lenda do El Dorado,[6] Alcetas II era filho de Alexandre I, o rei da Macedónia na época da Segunda Guerra Médica.[7]

De acordo com o genealogista inglês William Berry, Alexandre I teve quatro filhos:[8]

  • Filipe, o Ousado, também chamado Meleagro, que foi o avô paterno de Filipe, o conquistador da Grécia
  • Pérdicas II, que teve um filho legítimo com Cleópatra e dois filhos ilegítimos com a escrava Simiche, Arquelau e Estratonice, esposa de Seuthes I, rei da Trácia.[Nota 2]
  • Amintas, cujo filho Filipe se casou com uma filha de Arquelau, o filho de Pérdicas II e Simiche
  • Alcetas, que teve um filho chamado Alexandre. William Berry não inclui Alcetas como rei da Macedónia.

Notas e referências

Notas

  1. No diálogo Górgias, Sócrates aceita a história de Arquelau para efeito de argumentação, mas, no final, ele coloca isso em dúvida, dizendo que aqueles que cometem atrocidades irão sofrer nas prisões do mundo inferior, e lá se encontrarão Arquelau se Polo disse a verdade sobre ele e os demais tiranos.
  2. De acordo com Xenofonte, a esposa de Seuthes I era irmã, e não filha, de Pérdicas II.

Referências

  1. Eusébio de Cesareia, Crônica, 86, Reis dos Macedônios (lista baseada em Diodoro)
  2. Eusébio de Cesareia, Crônica, 87, Lista destes reis (da Macedônia) (lista baseada em outros historiadores)
  3. a b c d e Platão, Górgias, texto atribuído ao personagem Polo
  4. a b c Pierre Bayle, John Peter Bernard, Thomas Birch, John Lockman, George Sale, A general dictionary, historical and critical: in which a new and accurate translation of that of ... Mr. Bayle, with the corrections and observations printed in the late edition at Paris, is included and interspersed with several thousand lives never before published. The whole containing the history of the most illustrious persons of all ages and nations ... With reflections on such passages of Mr. Bayle, as seem to favor scepticism and the Manichee system, Volume 2 (1735) Archelaus I, p.176 [google books]
  5. http://www.tobacco.org/resources/history/Tobacco_History17.html
  6. Sir Walter Raleigh. The Discovery of Guiana (1596) Project Gutenberg.
  7. Walter Raleigh, The History of the World, Book IV, Times from the reign of Philip of Macedon, to the establishment of that kingdom, in the time of Antigonus, Chap. I, Of Philip, the father of Alexander the Great, king of Macedon, Sect. I, What kings reigned in Macedon before Philip [em linha]
  8. William Berry, Genealogia antiqua: or, Mythological and classical tables, compiled from the best authors on fabulous and ancient history (1816)

Árvore genealógica baseada em William Berry. Por simplificação, estão mostrados apenas os personagens relevantes para história de Alcetas II:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Amintas I
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Alexandre I
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filipe ou Meleagro
 
Cleópatra
 
 
Pérdicas II
 
 
Simiche
 
Amintas
 
Alcetas
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Amintas II ou Amintas III
 
 
um filho
 
 
Arquelau
 
Estratonice
 
Filipe
 
Alexandre