Aleixo (escultor)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Aleixo (em grego: Ἄλεξις), também conhecido como Alexo ou Alexis, foi um escultor da Grécia Antiga, mencionado por Plínio, o Velho como um dos pupilos de Policleto.[1] Pausânias menciona um artista de mesmo nome, nativo de Sícion, e pai do também escultor Cântaro.[2] Ainda não foi estabelecido satisfatoriamente, no entanto, se ambos seriam a mesma pessoa. O relato de Plínio implica que ele se referia ao antigo Políclito; neste caso, Aleixo não poderia ter vivido depois da 95ª Olimpíada (400 a.C.), enquanto Eutíquides, com quem Cântaro estudou, viveu por volta da 120ª Olimpíada (300 a.C.).[1] Se ambos fossem a mesma pessoa, como acreditam alguns, deve-se supor que Plínio cometeu algum erro, e que Aleixo teria estudado com Políclito, o Jovem, ou que este Eutíquides mencionado por Plínio não é o artista com quem Cântaro estudou.[3] [4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Plínio, o Velho, História Natural xxxiv. 8. s. 19
  2. Pausânias, Descição da Grécia vi. 3. § 3
  3. Thiersch, Friedrich, Epochen der bild. Kunst. p. 276
  4. Mason, Charles Peter (1867). "Alexis". Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology 1. Ed. William Smith. Boston: Little, Brown and Company. 129. 

Este artigo contém texto do Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology (em domínio público), de William Smith (1870).