Aleksandr Serebrov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Aleksandr Serebrov

Aleksandr Serebrov
Cosmonauta da URSS
Nacionalidade União das Repúblicas Socialistas Soviéticas soviético
Nascimento 15 de fevereiro de 1944
Moscou, URSS
Morte 12 de novembro de 2013 (69 anos)
Missões Soyuz T-7, Soyuz T-8, Soyuz TM-8, Soyuz TM-17
Insígnia
da missão
Soyuz TM-8 mission patch.svg Soyuz TM-17 patch.png

Aleksandr Aleksandrovich Serebrov (em russo: Александр Александрович Серебров; Moscou, 15 de fevereiro de 1944 — Moscou, 12 de novembro de 2013) foi um ex-cosmonauta soviético, veterano de quatro missões espaciais do programa Soyuz.[1]

Selecionado para o curso de cosmonauta na Cidade das Estrelas em 1 de dezembro de 1978, Serebrov foi ao espaço pela primeira vez na missão Soyuz T-7, em agosto de 1982, que levou na tripulação a cosmonauta Svetlana Savitskaya, a primeira soviética numa missão espacial desde o histórico vôo de Valentina Tereshkova, em 1963. Em abril de 1983 voltou ao espaço na Soyuz T-8, uma missão fracassada de acoplamento com Salyut 7 em órbita, que durou apenas dois dias.

Como piloto da Soyuz TM-8, realizou sua terceira missão espacial no programa Soyuz em setembro em 1989, desta vez à estação orbital Mir, onde ele e seu companheiro Aleksandr Viktorenko permaneceram 166 dias a bordo. Em julho de 1993, cumpriu sua quarta e última missão no espaço, permanecendo seis meses em órbita na estação Mir, retornando à Terra em janeiro de 1994.

Um dos cosmonautas que mais tempo já passou no espaço, Serebrov foi condecorado como Herói da União Soviética, a maior comenda da extinta URSS.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]