Alemão alemânico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto.
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Área de influência do alemânico

Alemão alemânico ou apenas alemânico é um grupo de dialetos falados no sudoeste da Alemanha, no oeste da Áustria (Vorarlberg), na França (Alsácia), na Itália (no Alto Vale do Lis, no Vale de Aosta),em Liechtenstein e na Suíça.

Historicamente, o alemânico é um conjunto de línguas que se desenvolveram no vale dos povos alamanos. A área lingüística dos alamanos corresponde ao prolongamento histórico da província romana Germânia Superior.

O alemânico também é falado na Venezuela, em Colônia Tovar (cidade fundada por imigrantes alemães).

Quase todo falante de alemânico também fala alemão em um nível correspondente. Na Suíça, o alemânico é mais difundido em regiões onde o romanche é falado, nessas regiões, a população é bilíngüe ou fala somente alemão.

Um censo de 1936 indicou que 84% da população alsaciana falava alemânico.

Em 1984, os alsacianos que falavam alemânico não passavam de 13,1% no departamento do Alto Reno e de 20% no do Baixo Reno.1

Até em Baden, o alemânico está desaparecendo, principalmente nas cidades onde os jovens falam uma língua próxima do alemão, com um leve sotaque alemânico.

Origem do nome « alemânico »[editar | editar código-fonte]

A palavra « alemânico » foi introduzida por Johann Peter Hebel em seu livro Allemannische Gedichte (poemas alemânicos).

A denominação de Hebel vem de alamanos, povo que se estabeleceu por volta do primeiro milênio na região onde é hoje falado o alemânico.

Denominações populares[editar | editar código-fonte]

A palavra « alemânico » é frequentemente usada em Baden e em Vorarlberg para designar seu próprio dialeto. Em Alsácia, na Suíça e na Suábia, o termo costuma ser substituído por alsaciano, alemão suíço ou alemânico suíço, ou ainda suábio (de acordo com a região), naturalmente na língua corrente. Há também denominações mais diretas como Berndütsch (literalmente « alemão de Berna »), « Markgräflerisch » (para o dialeto dentro do país entre as cidades de Freiburg im Breisgau e Lörrach), « Vorarlbergisch » etc.

Ortografia[editar | editar código-fonte]

Não há uma ortografia padronizada para o alemânico.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Harald Noth, Dialäkthandbuech, S. 177
Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.