Alessandro Gassman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde fevereiro de 2015)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Alessandro Gassman 2008.jpg

Alessandro Gassmann (Roma, Itália, 24 de Fevereiro de 1965) é um ator italiano.

É filho dos actores Vittorio Gassman e Juliette Mayniel. Estreou com 17 anos em Di padre in figlio, escrita e dirigida por seu pai, e mais tarde estudou na Oficina de Teatro de Florença.

Em 1993 ele iniciou uma série de colaborações com Gianmarco Tognazzi, com filmes populares como Uomini senza donne, Facciamo festa, Teste di cocco e Lovest, e como dubladores e atores de teatro também. Em 1997 ele impôs-se internacionalmente com Hamam, de Ferzan Özpetek.

Foi posteriormente escolhido por Yves Saint Laurent para um depoimento para o seu perfume Opium, e fez um calendário sexy para a revista italiana Max. Como ator, trabalhou em várias minisséries de TV e, na França, no filme de ação Transporter 2, produzido por Luc Besson. Em 2006, Gassmann apareceu na comédia Non prendere impegni stasera.

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Alessandro Gassman