Alex Chilton

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alex Chilton
Alex Chilton.jpg
Ao vivo na França em 2004
Informação geral
Nascimento 28 de dezembro de 1950
Origem Memphis, Tennessee
País  Estados Unidos
Data de morte 17 de março de 2010
Afiliação(ões) Box Tops, Big Star

Alex Chilton (Memphis, Tennessee, 28 de dezembro de 1950 - Nova Orleans, Luisiana, 17 de março de 2010) foi um compositor, cantor, guitarrista e produtor musical estadunidense.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Chilton estreou nos palcos em 1967 como o vocalista da banda The Box Tops, que alcançou o sucesso com a canção "The Letter". Sentindo-se cada vez menos importante dentro do grupo, que era essencialmente um projeto do produtor-compositor Dan Penn, ele deixou o Box Tops em 1969 para seguir carreira solo.

Após passar um período na cidade de Nova York, onde aperfeiçoou sua técnica vocal e de guitarra, Chilton foi convidado em 1971 pela banda Big Star para ocupar a vaga de guitarrista.

Retomou sua carreira solo depois do fim do grupo em 1974. Foi quando voltou a morar em Nova York, passando a maior parte do tempo no clube CBGB durante o auge do punk rock. Nessa mesma época Chilton tornou-se produtor do The Cramps, continuando a gravar e excursionar durante os anos 80.

Em 1993 Chilton reformulou o Big Star, gravando com a banda um novo álbum de estúdio, lançado em 2005.

Em 17 de março de 2010 Chilton faleceu de causas não confirmadas (possivelmente de ataque cardíaco).[1]

Discografia solo[editar | editar código-fonte]

  • One Day in New York (1977)
  • Singer Not the Song - EP (1977)
  • Bangkok/Can't Seem to Make You Mine - compacto (1978)
  • Like Flies on Sherbert (1979)
  • Bach's Bottom (1981)
  • Live in London (1982)
  • Feudalist Tarts - EP (1985; relançado em 1994)
  • Lost Decade (1985)
  • Document (1985)
  • No Sex - EP (1986; relançado em 1994)
  • Stuff (1987)
  • High Priest (1987; relançado em 1994)
  • Black List - EP (1989; relançado em 1994)
  • 19 Years: A Collection of Alex Chilton (1991)
  • Clichés (1994)
  • A Man Called Destruction (1995)
  • 1970 (1996)
  • Top 30 (1997)
  • Cubist Blues, com Ben Vaughan e Alan Vega (1997)
  • Loose Shoes and Tight Pussy (1999)
  • Live in Anvers (2004)

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]