Alexander (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alexander
Alexandre, o Grande (PT)
Alexandre (BR)
 Alemanha /  Estados Unidos /  Reino Unido
2004 • cor • 175 min 
Direção Oliver Stone
Roteiro Oliver Stone
Christopher Kyle
Laeta Kalogridis
Elenco Colin Farrell
Angelina Jolie
Val Kilmer
Género drama, biografia e épico
Idioma inglês
Orçamento US$155 milhões
Receita US$167,298,192
Página no IMDb (em inglês)

Alexander (br: Alexandre / pt: Alexandre, o Grande) é um filme de 2004, um drama biográfico dirigido por Oliver Stone que narra a história de Alexandre, o Grande segundo a visão do diretor. A biografia de Alexandre, o Grande, escrita pelo historiador britânico Robin Lane Fox, foi a inspiração para o roteiro.

A superprodução, que conforme divulgação custou 150 milhões de dólares aos estúdios da Warner, traz o ator Colin Farrell no papel de Alexandre, e também Angelina Jolie como a rainha Olímpia e Val Kilmer como o rei Filipe II.

O filme não foi bem recebido pela crítica e também teve um aspecto negativo para o público. O protagonista Colin Farrell declarou que o filme arruinou sua carreira. O ator chegou a dispensar o tapa-sexo em uma cena de nudez, porém na versão final do filme apareceu somente de costas.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Alexandre é um homem com grandes ideais, e em sua mente, surge a ideia de que o mundo poderia ser governado por um só rei. Antes de sua morte, ele conquistou 90% do mundo conhecido.

A história é contada por Ptolomeu ao seu escriba Cadmo. O filme retrata as grandes vitórias dos exércitos de Alexandre, e como elas foram aos poucos sendo esquecidas.

Ptolomeu frisa a ideia de que na sua concepção, Alexandre era de fato um deus, muito embora sua mãe, a rainha Olímpia, aclamada por alguns como sendo feiticeira, já dizia que Alexandre era o filho de Zeus, porém, poucos acreditavam nela, vista a tamanha compatibilidade e semelhanças entre ele e seu suposto pai, o Rei Filipe II, embora, para ele, Alexandre era como a mãe em espírito, e tinha muito mais semelhanças com ela do que com ele quanto ao modo de ser e agir.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Papel
Colin Farrell Alexandre
Angelina Jolie Rainha Olímpia
Val Kilmer Rei Filipe II
Jessie Kam Alexandre - criança
Connor Paolo Alexandre - jovem
Jared Leto Heféstion
Patrick Carroll Hefestion - jovem
Elliot Cowan Ptolomeu
Robert Earley Ptolomeu - jovem
Anthony Hopkins Ptolomeu - velho
Christopher Plummer Aristóteles
Rosario Dawson Roxana
Féodor Atkine Pai de Roxana
Joseph Morgan Filotas
Ian Beattie Antígono
Jonathan Rhys Meyers Cassandro
Morgan Christopher Ferris Cassandro - jovem
Denis Conway Niarco
Peter Williamson Niarco - jovem
Neil Jackson Pérdicas
Aleczander Gordon Perdicas - jovem
Garrett Lombard Leonato
Chris Aberdein Poliperconte
Rory McCann Crátero
Gary Stretch Cleito
John Kavanagh Parménio
Nick Dunning Átalo
Marie Meyer Eurídice
Fiona O'Shaughnessy enfermeira
David Bedella escriba

Recepção[editar | editar código-fonte]

Alexander arrecadou US$ 167,298,192 em todo mundo, tendo embolsado 13,4 milhões de dólares em sua semana de estréia. O filme atraiu escrutínio crítico dos historiadores com relação para factualidade. A maior parte da crítica acadêmica estava preocupado com a aderência insuficiente a detalhes.[2] [3] [4] O filme recebeu críticas em sua maioria negativas de críticos de cinema, com o Rotten Tomatoes dando-lhe uma classificação de 16% com base em 194 opiniões. O consenso afirma: "Mesmo com quase três horas de duração, esta cinebiografia pesada, tagarela e emocionalmente distante deixa de iluminar a vida de Alexandre."[5]

Um grupo de 25 advogados gregos inicialmente ameaçou mover uma ação judicial contra ambos Stone e os estúdios da Warner Bros. por que diziam ser um retrato impreciso da história. "Nós não estamos dizendo que somos contra os gays", disse Yannis Varnakos, "mas estamos dizendo que a empresa de produção deve deixar claro para o público que este filme é pura ficção e não uma verdadeira representação da vida de Alexandre". Depois de uma sessão prévia do filme, os advogados anunciaram que não iriam prosseguir tal curso de ação.[6]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Framboesa de Ouro
  • Recebeu seis indicações de pior filme, pior diretor, pior ator (Colin Farrell), pior atriz (Angelina Jolie), pior ator coadjuvante (Val Kilmer) e pior roteiro.[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Colin Farrel diz que 'Alexandre' arruinou sua carreira Ansa O Globo. Visitado em 30 de agosto de 2012.
  2. Waxman, Sharon (20 de novembro de 2004). Breaking Ground With a Gay Movie Hero (em inglês) The NY Times.
  3. Bowles, Scott (28 de novembro de 2004). Alas, fortune did not favor 'Alexander' (em inglês) USAToday. Visitado em 08 de fevereiro de 2014.
  4. "Alexander (abriu 24/11/2004) Oliver Stone's Costly History Lesson" By Cathy Schultz, Ph.D. in Dayton Daily News, 24 de novembro de 2004. (Também no Joliet Herald News, 28 de novembro de 2004; Bend Bulletin, 28 de novembro de 2004; Providence Journal, 26 de novembro de 2004.)
  5. Alexander (em inglês) Rotten Tomatoes. Visitado em 08 de fevereiro de 2014.
  6. Greek lawyers halt Alexander case (em inglês) BBC (03 de dezembro de 2004). Visitado em 08 de fevereiro de 2014.
  7. Villas Boas, Gustavo Di Lorenzo (30 de julho de 2010). Angelina Jolie: 10 filmes que marcaram a carreira da atriz (em português) Abril Veja. Visitado em 08 de fevereiro de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]