Alexander Kazhdan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido de en:Alexander Kazhdan (desde março de 2012). Ajude e colabore com a tradução.
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Alexander Kazhdan
Nome completo Alexander Petrovich Kazhdan
Conhecido(a) por Oxford Dictionary of Byzantium
Nascimento 3 de setembro de 1922
Moscou, União Soviética
Morte 29 de maio de 1997 (74 anos)
Washington, D.C.
Alma mater Universidade Estatal de Moscou
Influências

Alexander Petrovich Kazhdan (em russo: Александр Петрович Каждан; 3 de setembro de 1922 – 29 de maio de 1997) foi um historiador soviético-americano especialista no Império Bizantino (bizantinista).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Moscou, Kazhdan estudou no Instituto Pedagógico de Ufa e na Universidade Estatal de Moscou, onde estudou com o historiador da Inglaterra medieval, Evgenii Kosminskii.[1] Um projeto da União Soviética pós-guerra para reavivar a escola russa Bizantinista, levou Kazhdan escrever uma tese sobre a história agrícola do Império Bizantino tardio (publicado em 1952 como Agrarnye otnosheniya v Vizantii XIII-XIV vv.) Apesar de uma crescente reputação no seu campo, o preconceito anti-semita da Academia Soviética da era de Stalin, foi forçada aceitar uma série de posições impostas por Kazhdan como professor provincial (em Ivanovo, 1947-49, e Tula, 1949-1952).[1] Após a morte de Stalin em 1953, a situação de Kazhdan melhorou, e foi contratado por uma faculdade em Velikiye Luki. Em 1956, ele finalmente obteve uma posição no Instituto de História da Academia Soviética de Ciências, onde permaneceu até deixar a União Soviética em 1978.

Referências

  1. a b Bryer, Anthony. "Obituary: Alexander Kazhdan." The Independent. 5 June 1997. Retrieved August 28, 2010.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Cutler, Anthony. (1992). "Some talk of Alexander". Dumbarton Oaks Papers 46: 1–4. ISSN 0070-7546.
  • Franklin, Simon. (1992). "Bibliography of works by Alexander Kazhdan". Dumbarton Oaks Papers 46: 5–26. ISSN 0070-7546.