Alexandra Vitória de Schleswig-Holstein

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alexandra Vitória
Princesa da Prússia
Princesa de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg
Princess Alexandra Victoria.jpg
Alexandra Vitória com o filho, o príncipe Alexandre Fernando da Prússia
Governo
Consorte Augusto Guilherme da Prússia
Arnold Rümann
Vida
Nascimento 21 de Abril de 1887
Grünholz, Alemanha
Morte 15 de Abril de 1957 (69 anos)
Lyon, França
Filhos Alexandre Fernando da Prússia (1912-1985)
Pai Frederico Fernando de Schleswig-Holstein
Mãe Carolina Matilde de Schleswig-Holstein

A princesa Alexandra Vitória de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg (21 de Abril de 1887 - 15 de Abril de 1957) foi uma filha do duque Frederico Fernando de Schleswig-Holstein e da sua esposa, a princesa Carolina Matilde de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Augustenburg.

Família[editar | editar código-fonte]

A princesa Alexandra era a segunda filha do duque Fernando Frederico de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg e da princesa Carolina Matilde de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Augustenburg. A sua irmã mais velha, Vitória Adelaide era mãe da princesa Sybila de Saxe-Coburgo-Gota, mãe do actual rei Carlos XVI Gustavo da Suécia. Uma das suas tias maternas era a princesa Augusta Vitória de Schleswig-Holstein, esposa do kaiser Guilherme II da Alemanha e mãe do seu futuro marido.[1]

Os seus avós paternos eram o duque Frederico de Schleswig-Holstein e a princesa Adelaide de Schaumburg-Lippe. Os seus avós maternos eram o duque Frederico VIII de Schleswig-Holstein e a princesa Adelaide de Hohenlohe-Langenburg.[1]

Casamentos e descendência[editar | editar código-fonte]

Augusto Guilherme[editar | editar código-fonte]

Alexandra com o marido.

Alexandra Vitória casou-se pela primeira vez com o príncipe Augusto Guilherme da Prússia, filho do kaiser Guilherme II e da sua tia, a princesa Augusta Vitória de Schleswig-Holstein, no dia 22 de Outubro de 1908 em Berlim.[2]

Apesar do casamento ter sido arranjado pelo imperador e pela imperatriz, foi relativamente feliz no principio e Alexandra era uma grande favorita da sua sogra e tia.[3] A princesa Catherine Radziwill, que frequentava a corte prussiana na época, comentou que Alexandra "sempre se mostrou disposta a ouvir os conselhos da sua sogra. É uma menina simpática - bonita, gorducha e o tipo perfeito de 'Deutsche Hausfrau' que é adorada pelas almas dos novelistas alemães".[4] Outra pessoa da época escreveu que o casamento era de amor e que Alexandra era "uma menina charmosa e inteligente".[5]

Contudo, o casal divorciou-se no dia 16 de Março de 1920, tendo apenas um filho:

Arnold Rümann[editar | editar código-fonte]

Alexandra Vitória casou-se depois com Arnold Rümann no dia 7 de Janeiro de 1922 em Grünholz. Em 1926 mudou-se durante algum tempo para Nova Iorque onde trabalhou como pintora.[6] Viria a divorciar-se do segundo marido em 1933.

Depois da Segunda Guerra Mundial, Alexandra passou a viver numa caravana perto de Wiesbaden, onde ganhava a vida como retratista e pintora de paisagens. Morreu no dia 14 de Abril de 1957 num quarto de hotel em Lyon, França.

Referências

  1. a b C. Arnold McNaughton, The Book of Kings: A Royal Genealogy, in 3 volumes (London, U.K.: Garnstone Press, 1973), volume 1, page 59.
  2. Marlene A. Eilers, Queen Victoria's Descendants (Baltimore, Maryland: Genealogical Publishing Co., 1987), page 156.
  3. Radziwill, p. 38.
  4. Radziwill, pp. 38-39.
  5. Schwering, p. 92.
  6. "Obituary 2 -- No Title; Princess Alexandra, 70", The New York Times (Lyons, France), 15 de Abril de 1957