Alexandre I da Macedônia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Alexandre I (em grego: Αλέξανδρος ό Μακεδών, transl. Aléksandros hó Makedón, "Alexandre, o Macedônio"; ? — 454 a.C.) foi rei da Macedônia de 498 a.C. a 454 a.C.. Era filho de Amintas, rei da Macedônia[1] , de quem foi sucessor. Reinou por quarenta e quatro anos, sendo sucedido por Pérdicas II,[2] [3] seu filho.[4]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Durante o reinado de seu pai Amintas, Megabizo enviou sete persas à sua corte, para demandar terra e água em nome de Dario I.[1] Os persas, porém, exigiram no banquete ver as mulheres macedônias, e, depois de vê-las, começaram a agarrá-las.[5] Amintas, com medo dos persas, não fez nada, mas Alexandre I, indignado,[6] trocou as mulheres por rapazes sem barba, que mataram os persas,[7] matando, em seguida, toda a comitiva persa.[8]

Quando o persa Bubares procurou os enviados, Alexandre o corrompeu com uma grande soma em dinheiro, e dando sua irmã Gygaia em casamento.[8]

Amintas morreu logo depois que Bubares se retirou da Macedônia, sendo sucedido por Alexandre.[9]

Reinado e sucessão[editar | editar código-fonte]

A relação de Alexandre com Bubares garantiu a paz do reino enquanto Dario foi xá da Pérsia, e conseguiu favores de Xerxes.[9]

Quando Xerxes I avançou sobre a Grécia como uma tempestade, Alexandre ganhou o domínio de todas as terras entre o Monte Olimpo e o Monte Haemus.[9] Atuou como representante do governador persa, Mardônio, durante as negociações de paz que se seguiram à derrota persa na batalha de Salamina, em 480 a.C.. Apesar de sua cooperação com aquela nação asiática, frequentemente forneceu mantimentos e conselhos aos gregos, e avisou-os dos planos de Mardônio antes da batalha de Platéias, em 479 a.C.. Depois da derrota nesta batalha o exército persa, sob o comando de Artabazo, tentou recuar até a Ásia Menor; mas a maior parte dos 43.000 sobreviventes (400.000, segundo Diodoro Sículo[10] ) que recuavam foram atacados e mortos pelas forças de Alexandre, no estuário do Estrimão. Alexandre eventualmente reconquistou a independência da Macedônia, com o fim das Guerras Persas.

Embora a Macedônia fosse considerada um estado semi-bárbaro por alguns gregos (especialmente aqueles cujas colônias estavam sendo ameaçadas pela expansão macedônica), Alexandre alegava descender de gregos argivos e até mesmo de Héracles. Depois que uma corte de juízes especiais, chamados hellanodikai, da cidade de Élis, determinaram que a alegação de Alexandre era verdadeira, permitiram que ele participasse dos Jogos Olímpicos,[11] [12] , possivelmente em 504 a.C. [13] , um honra reservada exclusivamente aos gregos. Usou Atenas como modelo para a sua corte, e foi patrono dos poetas Píndaro e Baquílides, que por sua vez dedicaram poemas a Alexandre.[14]

Em 450 a.C. Pérdicas o sucedeu no trono. Segundo Juniano Justino, seu sucessor foi Amintas III, filho de seu irmão Menelau;[9] esta genealogia, porém, é contestada por alguns historiadores modernos, que preferem chamar o pai de Amintas III de Arrideu.[15]

Referências

  1. a b Heródoto, Histórias, livro V, "Terpsícore", 17
  2. Eusébio de Cesareia, Crônica, 86, Os reis dos macedônios
  3. Eusébio de Cesareia, Crônica, 87, Aqui está uma lista destes reis (da Macedônia)
  4. Tucídides, História da Guerra do Peloponeso 2.95
  5. Heródoto, Histórias, livro V, "Terpsícore", 18
  6. Heródoto, Histórias, livro V, "Terpsícore", 19
  7. Heródoto, Histórias, livro V, "Terpsícore", 20
  8. a b Heródoto, Histórias, livro V, "Terpsícore", 21
  9. a b c d Justino, Epítome das Histórias de Pompeius Trogus, 7.4 [em linha]
  10. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro XI, 31.3
  11. Heródoto, Histórias, livro V, "Terpsícore", 22
  12. Justino, Epítome das Histórias de Pompeius Trogus, 7.2 [em linha]
  13. A History of Macedonia. Volume 2 Review: John Cole
  14. Hornblower, Simon. Thucydides and Pindar: Historical Narrative and the World of Epinikian Poetry, p. 180. ISBN 0-19-924919-9
  15. Enciclopédia Britânica, ed.1911, Amintas II (ou III) [wikisource]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Alexandre I da Macedônia
Precedido por
Amintas I
Rei da Macedônia
498 a.C.–454 a.C.
Sucedido por
Pérdicas II
ou Amintas III