Alexandre Lippiani

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox warning pn.svg
Este artigo foi proposto para eliminação semirrápida por um ou mais editores. A(s) justificativas apresentada(s) para eliminação foram:
  • Biografia sem fontes fiáveis e independentes que confirmem notoriedade do biografado (verWP:IMDB). Bolor (discussão) 14h20min de 8 de agosto de 2014 (UTC)
  • Último editor: Bolor

Por favor, melhore o artigo se possível e procure enquadrá-lo dentro das regras do projeto. Caso não saiba como melhorar a página, mas tem certeza que o artigo é enciclopédico, procure o Projeto Salvamento.
Caso não haja oposição à eliminação desta página, ela será suprimida a partir de 21 de agosto. Para mais informações, veja Política de eliminação e Eliminação semirrápida.


Encontre referências para o artigo: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing.. Veja como referenciar e citar as fontes.


Usuário: Se esta página possui arquivos de mídia que não são utilizáveis em outras páginas, adicione uma nota em WP:PER, para que um administrador lusófono do Wikimedia Commons verifique se ela se encontra no escopo do projeto.

Aviso ao criador: Os principais editores da página podem ser avisados (recomendável) e seu criador (se registrado) deve ser notificado com
{{subst:Aviso-ESR|1=Alexandre Lippiani}} ~~~~
Aviso ao criador com nota de boas-vindas:
{{subst:Av-bv-ESR|1=Alexandre Lippiani|2=~~~~}}

Alexandre Lipiani
Nascimento 11 de setembro de 1964
Bandeira de Belo Horizonte Belo Horizonte, MG
Morte 24 de Maio de 1997 (32 anos)
Bandeira da Cidade do Rio de Janeiro Rio de Janeiro, RJ
Ocupação ator e dublador
IMDb: (inglês)


Alexandre Lippiani (Belo Horizonte, 11 de setembro de 1964Rio de Janeiro, 24 de maio de 1997) foi um ator e dublador brasileiro. Era primo do ator Rodolfo Bottino, também falecido.

Faleceu vítima de um acidente de carro no Rio de Janeiro após se chocar com um poste. Na época tinha 32 anos, bem no ápice de sua carreira. A revista Amiga TV Tudo (edição 1.413, de 2 de junho de 1997) conta que, segundo testemunhas, o Logus do ator derrapou na pista molhada por volta das quatro da manhã do sábado, chocando-se contra o Gol dirigido pelo prestador de serviços da TV Globo, Josemir Demétrio de Souza (36), que estava sozinho e ficou ferido. Presos nas ferragens dos carros, os dois foram socorridos por bombeiros e levados para o hospital Miguel Couto, na Lagoa, onde Alexandre morreu em consequência de traumatismo abdominal, com fratura dos ossos da bacia e hemorragia interna. Constância Laviola Carreiro, 30 anos, namorada do ator, que estava com ele no carro, sofreu apenas escoriações. Alexandre foi enterrado no Cemitério Parque Bosque da Esperança.

Na época do acidente, o ator era o dublador oficial do personagem Super-Homem/Clark Kent interpretado pelo ator americano Dean Cain no seriado de televisão Lois & Clark: As Novas Aventuras do Superman exibido no Brasil em Rede Globo de Televisão. Após seu falecimento, a dublagem do personagem na série passou para o ator Guilherme Briggs. Já na novela Xica da Silva, exibida pela Rede Manchete, ele era o Padre Eurico. Quando o ator faleceu, a novela não tinha terminado, de modo que foi preciso inventar um final alternativo, onde o padre acaba emparedado. Sua última aparição foi no capítulo exibido em 28 de Julho de 1997. No início do primeiro bloco, a produção da novela prestou uma bonita homenagem a ele, através de um texto que era, ao mesmo tempo, uma despedida.

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Telenovelas
Cinema
Dublagem

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) dublador(a), integrado ao projeto sobre dublagem é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.