Alexey Suetin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2010)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Alexey Suetin, 1995

Alexey (Aleksei) Stepanovich Suetin (em russo: Алексей Суэтин; 16 de novembro de 1926, Kirovohrad - 10 de setembro de 2001, Moscou) foi um Grande Mestre de xadrez e autor soviético.

Residente de Moscou, e um engenheiro mecânico por profissão, Suetin tornou-se um Mestre Internacional em 1961 e um Grande Mestre em 1965. Sua filosofia era que "domínio não é o suficiente; você deve sempre arriscar, tomar riscos".

Seu primeiro sucesso ocorreu em 1955, quando, como membro da equipe soviética no Campeopnato Mundial Estudantil, pontuou 80%, e obteve medalhas individuais e de equipe.

Foi um jogador ativo durante as décadas de 1960 e 1970, obtendo o primeiro lugar em Sarajevo 1965, Copenhague 1965, Titovo Uzice 1966, Hastings 1967/68, Havana 1969, Albena 1970, Kecskemet 1972, Brno 1975 (empatado com Vlastimil Hort, que obteve o primeiro lugar via um jogo de desempate), Lublin 1976, e Dubna 1979. Também obteve o terceiro lugar em Debrecen 1961 e Berlim 1968.

Particiou em sete Campeonatos de Xadrez da União Soviética, entre 1958 e 1966. Seu melhor resultado foi o quarto-sexto lugar em 1963 (atrás de Stein, Spassky e Kholmov) e o quarto-sexto lugar em 1965 (atrás de Stein, Polugaevsky e Taimanov).

Até 1971 atuou como treinador de Tigran Petrosian em várias das suas mais importantes partidas, incluindo a vitória de Petrosian no Campeonato Mundial em 1963. Foi por vários anos um treinador em Moscou, treinando vários talentos promissores, incluindo Vassily Ivanchuk e Andrei Sokolov. Continuou a jogar após a década de 1970, obtendo o primeiro lugar em Hastings 1990-1991. Venceu o Campeonato Mundial de Seniores em 1996.

Foi um correspodente da Pravda. Escreveu vários livros de xadrez, tratando primariamente do meio-jogo ou da abertura (xadrez) do xadrez. Estes incluem Modern Chess Opening Theory, Three Steps To Chess Mastery (a treatise which combines his earlier works, The Chess Player's Laboratory and The Path To Mastery), Plan Like A Grandmaster, A Contemporary Approach To The Middle-game, French Defence, The Complete Grunfeld e The Complete Spanish. O último livro, Chess through the prism of time, foi publicado em Moscou em 1998.

Suetin foi casado com a Grande Mestra Kira Zvorykina, e ambos possuíram um filho, Aleksandr, nascido em 1951. Ambos moraram na Bielorrúsia por alguns anos, competindo frequentemente no Campeonato de Xadrez da Bielorrússia, sendo que Suetin obteve seis vezes o primeiro lugar no campeonato, e casal obteve os títulos masculinos e femininos em 1960.

Morreu aos 74 anos de idade, de um ataque cardíaco, após retornar do Campeonato de Seniores da Rússia.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre enxadrismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.