Alfabeto russo cursivo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O alfabeto Cirílico cursivo padrão, com suas maiúsculas e minúsculas.

O alfabeto Cirílico cursivo é uma variante cursiva do alfabeto cirílico utilizado na Rússia e nos países onde o russo é falado entre outros (Bulgária, Ucrânia, Macedônia...). Algumas das letras são parecidas com as letras do alfabeto latino, mas possuem sons diferentes quando pronunciados. Além disso, o itálico no alfabeto russo padrão é baseado no alfabeto russo cursivo (como a letra Т minúscula, que parece o m latino).

A maior parte dos manuscritos no idioma russo, em especial, hoje em dia, cartas pessoais e trabalhos escolares, utilizam o alfabeto cursivo, pelo fato de sua grafia ser mais rápida que o alfabeto "impresso", se aprendido corretamente. Nas escolas russas, a maior parte das crianças são ensinadas, desde as primeiras séries, a escrever utilizando-se deste método.

História[editar | editar código-fonte]

Bilhete no alfabeto russo cursivo, do czar Pedro I (transcrição)

A forma cursiva apareceu pela primeira vez no fim da Idade Média, substituindo a escrita ustav, ou "quadrada".[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Ziegler. Short history of the Russian language. Lomonosov University. Página visitada em 2007-04-04.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]