Alfred Radcliffe-Brown

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A.R. Radcliffe-Brown

Alfred Reginald Radcliffe-Brown (Birmingham, 17 de janeiro de 1881Londres, 24 de outubro de 1955) foi um antropólogo e etnógrafo britânico.

Radcliffe-Brown insere-se na tradição de Durkheim, tendo desenvolvido uma teoria estruturo-funcionalista1 do social que se opôs ao funcionalismo de Bronislaw Malinowski, nos primeiros tempos da antropologia social britânica.

Embora frequentemente associado ao funcionalismo e considerado como o fundador do funcionalismo estrutural, Radcliffe-Brown negava veementemente que fosse um funcionalista e distinguia o seu conceito do função daquele preconizado por Malinowski,2 que defendia abertamente o funcionalismo.


Referências

  1. (em inglês) A. R. Radcliffe-Brown
  2. A. R. Radcliffe-Brown. 1949. "Functionalism: A Protest," American Anthropologist 51(2): 320-321.
Ícone de esboço Este artigo sobre antropologia ou um antropólogo é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.