Alfredo Sampaio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alfredo Sampaio
Informações pessoais
Nome completo Alfredo Sampaio
Data de nasc. 23 de maio de 1958 (56 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ),  Brasil
Informações profissionais
Clube atual Brasil Cabofriense
Posição Treinador
Ex-zagueiro
Clubes de juventude
Brasil America
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1980

1987
1988
1990
Brasil America
Brasil Fluminense
Brasil São Cristóvão
Brasil Bonsucesso
Brasil São Cristóvão
Brasil America
Times que treinou
1990-1993
1994
1995
1995
1996-1997
1998-2001
2002
2003
2004
2005-2006
2006
2007
2008
2009
2010
2011
2011
2012-2013
2013
2013
2014
2014-
Brasil São Cristóvão
Brasil Itaperuna
Brasil Barreira
Brasil Entrerriense
Brasil Portuguesa
Brasil Bangu
Brasil Portuguesa
Brasil America
Brasil Portuguesa
Brasil Bangu
Brasil Madureira
Brasil Avaí
Brasil Vasco da Gama
Brasil Cabofriense
Brasil Americano
Brasil Boavista
Brasil Duque de Caxias
Brasil Boavista
Brasil Volta Redonda
Brasil Bangu
Brasil Bonsucesso
Brasil Cabofriense

Alfredo Sampaio (Rio de Janeiro, 23 de maio de 1958), é um ex-jogador de futebol e atualmente treinador.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Atuou durante 15 anos como zagueiro, mas foi jogador mediano. Iniciou a sua carreira jogando futsal. Depois foi para o futebol de campo no America, pelas mãos de seu pai, que fazia parte da diretoria do clube. Passou pelo Fluminense (seu time de coração), depois jogou no São Cristóvão e no Bonsucesso. Até que, em 1980 foi para o exterior atuar num time da Venezuela. Passou grande parte da sua carreira fora do Brasil, de 1980 a 1990, atuando ainda no Marrocos e outros países do Oriente Médio. Voltou em 1987, voltou a jogar novamente no São Cristóvão. No final de 1988, foi jogar nos EUA, em um time de Los Angeles. Em 1990 retornou ao Brasil e voltou a jogar no America, onde encerrou sua carreira, aos 32 anos, após mais uma cirurgia no joelho e se tornou treinador de futebol, função que exerce até hoje.

Como técnico[editar | editar código-fonte]

Sempre dirigiu equipes pequenas do Rio de Janeiro, como São Cristóvão, onde descobriu e treinou o jogador Ronaldo Fenômeno, antes desse ser vendido para o Cruzeiro, em 1992, aos 17 anos de idade, o Bangu, Portuguesa, America, Itaperuna, Entrerriense, o Friburguense e o Madureira. No Avaí de Florianópolis atuou em grande parte do Campeonato Brasileiro da Série B de 2007 onde acabou em 15º colocado. Ainda no final do ano de 2007, Sampaio deixou o Leão da Ilha de Florianópolis, e em 2008, voltaria a ser treinador do Madureira, mas deixou o clube ao ser procurado para ser auxiliar de Romário, que, para acabar de cumprir o seu contrato com o Vasco da Gama, estava atuando como técnico do clube, carreira que o 'baixinho' nunca pensou em seguir, para atuar como auxiliar técnico, numa parceria. Após a saída de Romário no comando do time do Vasco da Gama, após um desentendimento com Eurico Miranda, na época presidente do time, Alfredo Sampaio assumiu o comando do time. Pouco tempo depois, após uma séria desavença com o jogador Edmundo, ele próprio também deixou o comando do time do Vasco.

Em 2009, voltou a ser treinador do Madureira e do Cabofriense[1] no ano de 2010, assumiu o comando do Americano de Campos, mas ficou pouco tempo no clube, devido a questões familiares. para 2011, assumiu o comando do Boavista, onde a levou até a final da Taça Guanabara de 2011. meses depois assumiu o comando do Duque de Caxias[2] , para a disputa da série B. onde após resultados negativos na competição, foi demitido no dia 23 de junho[3] . em novembro do mesmo ano, acertou seu retorno ao comando do Boavista[4] saindo do clube de saquarema, após a direção demitir-ló por telefone. em setembro desse ano, acertou sua ida para o Volta Redonda[5] . em abril de 2013, acertou mais um retorno, ao comando do Bangu[6]

Outros[editar | editar código-fonte]

Além de técnico de futebol, Alfredo Sampaio acumula a função de presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol do Rio de Janeiro (SAFERJ) e de presidente da Federação dos Jogadores de Futebol do Rio de Janeiro.

No cargo de presidente da SAFERJ, Alfredo Sampaio conseguiu significativas vitórias e conquistas a respeito dos direitos trabalhistas dos jogadores de futebol do Rio de Janeiro.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Portuguesa:

  • Campeão Carioca da 2ª divisão - 1996
  • Campeão Carioca da 2ª divisão - 2002

Madureira:

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. O Povo - Alfredo Sampaio assume a Cabofriense.
  2. globoesporte.com. Alfredo Sampaio é o novo técnico do Duque de Caxias para a Série B. Visitado em 23.05.2011.
  3. Superesportes (23.06.2011). Alfredo Sampaio não é mais técnico do Duque de Caxias. Visitado em 24.06.2011.
  4. Futebol Interior (17.11.2011). Boavista confirma Alfredo Sampaio como novo comandante. Visitado em 12.12.2011.
  5. Terra (24/09/2012). Alfredo Sampaio é o novo técnico do Volta Redonda 22:48. Visitado em 25/09/2012.
  6. Globoesporte.com (04/04/2013). Bangu anuncia Alfredo Sampaio como novo treinador 11h38. Visitado em 05/04/2013.
Precedido por
Zé Teodoro
Técnico do Avaí
2007
Sucedido por
Sérgio Ramirez
Precedido por
Romário
Técnico do Vasco
2008
Sucedido por
Antônio Lopes
Precedido por
Waldemar Lemos
Técnico do Duque
2011
Sucedido por
Valdir Espinosa
Ícone de esboço Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.