Alginato de sódio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Fevereiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde janeiro de 2008). Ajude e colabore com a tradução.
Alginate de sodium
Alerta sobre risco à saúde
Alginat.svg
Outros nomes Polymannuronate sodique
Identificadores
Número CAS 9005-38-3
PubChem 24884455
Propriedades
Fórmula molecular (C6H7O6Na)x
Ponto de fusão

> 300 °C[1]

Solubilidade em água solúvel [1]
Compostos relacionados
Compostos relacionados Ácido algínico
Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Alginato de sódio é um composto químico, é o sal de sódio do ácido algínico. Sua fórmula química empírica é NaC6H7O6. Ele forma uma goma, quando extraido das paredes celulares de algas castanhas, é usado pela indústria de alimentos para aumentar a viscosidade e como emulsificante. Também é usado em tabletes contra a indigestão e na preparação de moldes em odontologia. O alginato de sódio não tem sabor distinguível.

Tem como aditivo alimentar o número E 401, e número da CAS 9005-38-3.

Outro grande uso do alginato de sódio é em tingimento reativo, aonde é usado na indústria têxtil.

Radioatividade no corpo[editar | editar código-fonte]

Alginato de sódio é um bom quelante para arrastar elementos radioativos tais como o iodo-131 e o estrôncio-90 do corpo, os quais tenham tomado o lugar de suas contrapartes isotópicas não radioativas.[2] [3]

Referências

  1. a b Sodium alginate. ull.chemistry.uakron.edu. Página visitada em 24 octobre 2009.
  2. Sutton, A., Harrison, G. E., Carr, T. E., and Barltrop, D. Reduction in the absorption of dietary strontium in children by an alginate derivative. Br.J.Radiol. 44[523], 567. 1971
  3. Sutton, A., Harrison, B. E., Carr, T. E., and Barltrop, D. Reduction in the absorption of dietary strontium in children by an alginate derivative. Int.J.Radiat.Biol.Relat Stud.Phys.Chem.Med. 19[1], 79-85. 1971

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um composto orgânico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.