Alice, Duquesa da Bretanha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Alice de Thouars (5 de setembro de 1201 - 21 de outubro de 1221) foi duquesa titular da Bretanha de 1203 a 1221.

Ilustração de Alice de Thouars.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu por volta do dia 5 de setembro de 1201, filha de Constança, duquesa da Bretanha, e de Guido de Thouars. Sua mãe faleceu depois de dar a luz a ela e a sua irmã gêmea, Catarina. Era irmã uterina de Artur I, duque da Bretanha, e de Leonor, a "bela donzela" da Bretanha, filhos de Constança e de Godofredo Plantageneta. À morte de Ricardo I da Inglaterra, Artur e seu tio paterno, João I da Inglaterra, passaram a disputar o poder na Bretanha. Ele e Leonor foram capturados na Batalha de Mirabeau, em 1202, e aprisionados no Castelo de Corfe; Artur desapareceu misteriosamente um ano depois.

A nobreza bretã reconheceu Alice como duquesa da Bretanha após a morte de Artur, ao invés de sua irmã Leonor, pois temia-se que o rei João reivindicasse o governo da Bretanha pela sobrinha cativa. Seu pai Guido foi nomeado regente por Alice até 1206, quando o próprio rei Filipe II da França se fez regente do ducado.

Em 1213, o rei arranjou o casamento de Alice com seu primo, Pedro de Dreux, que se tornou regente. Alice e Pedro tiveram três filhos:

Alice faleceu de parto, sem ter exercido muito controle sobre sua própria herança. Seu filho primogênito, João, herdou seus direitos, mas seu esposo Pedro permaneceu como o governante real da Bretanha até 1237. Seu corpo foi sepultado na Abadia de Nossa Senhora, em Villeneuve-les-Nantes.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedida por:
Artur I
Duquesa titular da Bretanha
1203 - 1221
(com Pedro I: 1213-1221)
Sucedida por:
Pedro I