Alimentação forçada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Alimentação forçada ou gavagem é a prática de alimentar uma pessoa ou um animal contra a sua vontade.

Em humanos[editar | editar código-fonte]

É uma forma pela qual recém nascidos prematuros, com incoordenação de sucção e deglutição, recebem alimentos (através de uma sonda orogástrica).

É também um método de alimentação e/ou administração de medicamentos que exige um mínimo de esforço, quando o paciente não consegue sugar ou engolir (disfagia).

Também pode ser usado como modo de alimentar pessoas à força, como por exemplo em prisões.[1]

Em animais[editar | editar código-fonte]

Exemplo de alimentação forçada em animais

Também pode ser utilizado para fins gastronômicos: o "foie gras" (em francês, "fígado gordo"), é obtido através da introdução forçosa de grandes quantidades de milho através do esôfago de um ganso; posteriormente, um anel metálico é posto no pescoço do animal para impedi-lo de regurgitar, o que faz com que o fígado do animal se torne acinzentado, ao invés do habitual vermelho vivo, e fique até seis vezes maior, considerado nesse ponto ideal para a produção do patê.

Também é uma técnica utilizada em cobaias laboratorais,como ratos, primatas.[2]

Referências

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.