Aljava

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros, acadêmico)Yahoo!Bing.
Uma aljava

Aljava (nome de origem árabe, originalmente usado para designar uma saca em que se levava cereais) é um equipamento, espécie de coldre ou estojo, usado para carregar as flechas usadas pelos arqueiros desde a mais remota Antiguidade.

Uso e importância[editar | editar código-fonte]

A aljava permite o transporte de grande quantidade de flechas, além de possibilitar ao arqueiro municiar-se com rapidez e facilidade. Como uma mochila atual, possui uma correia ou cinta com a qual é pendurado ao lado ou nas costas.

As flechas são dispostas com a seta voltada para baixo, no interior do coldre, a fim de evitar acidentes.

O uso nas costas da aljava era o preferido na infantaria e na cavalaria antiga, e modernamente para os praticantes das modalidades desportivas de tiro rápido - em razão de permitir uma maior agilidade dos movimentos e fácil acesso à flechas; já as modalidades de precisão trazem-na ao lado, à altura da cintura, modo mais cômodo para sacar das flechas e em que não há necessidade de desimpedir os movimentos.

O uso da aljava por nativos das Américas[editar | editar código-fonte]

Aljava - Tipo de cesto usado para transportar flechas e outros objetos

Os nativos do sul das Américas utilizavam aljavas confeccionadas com fibras vegetais principalmente para carregar setas de zarabatanas. Os do norte das Américas fabricavam-na de couro[1]

Aljavas de couro eram usadas por índios norte-americanos para transportar arcos e flechas. Podia ser uma para o arco e outra para as flechas , ou a mesma aljava transportava ambos, mais kit para fazer fogo e outros objetos. Os couros preferidos eram de raposa, lontra, antílope, coiote, veado, urso e de outros animais[2]


Referências

  1. CAVALCANTE, Messias S. Comidas dos Nativos do Novo Mundo. Barueri, SP. Sá Editora. 2014, 403p.ISBN 9788582020364
  2. CAMPBELL, Paul D. Survival skills of native California. Layton, Utah, Gibbs Smith Publisher. 1999, 448 p.




Ícone de esboço Este artigo sobre um objeto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Aljava