All She Wants to Do Is Dance

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"All She Wants to Do Is Dance"
Single de Don Henley
do álbum 'Building the Perfect Beast'
Lado B "Building the Perfect Beast"
Lançamento Estados Unidos Fevereiro de 1985
Formato(s) Disco de vinil de 7 e 12 polegadas
Gravação 1984
Gênero(s) Dance, rock
Duração 4:32
Gravadora(s) Geffen
Composição Danny Kortchmar
Produção Don Henley, Danny Kortchmar, Greg Ladanyi
Cronologia de singles de Don Henley
Último
Último
"The Boys of Summer"
(1984)
"Not Enough Love in the World"
(1985)
Próximo
Próximo

"All She Wants to Do Is Dance" (em inglês: Tudo o que ela quer fazer é dançar) é uma canção composta por Danny Kortchmar e originalmente gravada por Don Henley em 1984 para Building the Perfect Beast, seu segundo álbum solo. Lançada em fevereiro de 1985 como segundo single do álbum, a canção atingiu a nona posição na Billboard Hot 100 e a primeira na Hot Mainstream Rock Tracks[1] , se tornando um dos maiores sucessos da carreira solo de Henley.

Informação[editar | editar código-fonte]

A letra da canção é uma crítica aos estadunidenses por se preocuparem mais com comportamentos hedonistas e auto-gratificantes, como dançar, irem a festas e serem promíscuos, do que com problemas político-sociais sérios, como as práticas internas e externas de seu governo. Para tal, a canção utiliza metáforas de uma Cuba pré-revolução, que servia como uma espécie de parque de diversões para os estadunidenses ricos. Ironicamente, a canção virou um sucesso nas boates estadunidenses.

Referências e regravações[editar | editar código-fonte]

"All She Wants to Do Is Dance" integrou a trilha-sonora dos filmes Real Genius e Coyote Ugly, e é referida no livro Bag of Bones de Stephen King.

Em 1989, a banda de música dance Kool & the Gang regravou a canção para seu décimo nono álbum de estúdio, Sweat. Kris Allen, vencedor da oitava temporada do reality show American Idol interpretou a canção no episódio em que os competidores cantaram canções do ano em que nasceram.

Posição nas paradas[editar | editar código-fonte]

Parada (1985) Maior
posição
Canadá RPM Top Singles 13
Estados Unidos Billboard Hot 100 9
Estados Unidos Billboard Hot Dance Club Songs 10
Estados Unidos Billboard Hot Mainstream Rock Tracks 1
Estados Unidos Billboard Hot R&B/Hip-Hop Songs 34

Referências

  1. Whitburn, Joel (2004). The Billboard Book of Top 40 Hits, 8a ed. (Billboard Publications), pág 282.