All the King's Men

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
All the King's Men
A corrupção do poder (PT)
A grande ilusão (BR)
Pôster promocional
 Estados Unidos
1949 • p&b • 109 min 
Direção Robert Rossen
Roteiro Robert Rossen
Elenco Broderick Crawford
John Ireland
Joanne Dru
John Derek
Mercedes McCambridge
Género drama
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

All the King's Men (br: A grande ilusão / pt: A corrupção do poder) é um filme estadunidense de 1949, do gênero drama, dirigido por Robert Rossen.

O roteiro é uma adaptação do romance de Robert Penn Warren, publicado em 1946, e pelo qual o autor recebeu o Prémio Pulitzer de Literatura.

Teve duas refilmagens:

All the King's Men, de 1958, dirigido por Sidney Lumet.
All the King's Men, de 2006, para televisão, dirigido por Steven Zaillian, com Sean Penn no papel principal.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme é sobre a ascensão e queda de um político rebelde do interior que começa exigindo reformas e justiça social, mas acaba embriagado pelo próprio poder.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar 1950 (EUA)

Globo de Ouro 1950 (EUA)

Festival de Veneza 1950 (Itália)

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • O filme marca a estreia de Mercedes McCambridge nas telas.

Referências

  • Os Melhores Filmes de Todos os Tempos, de Alan Smithee, 1995.