Alma (filho de Alma)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Série temática sobre os
Santos dos Últimos Dias
Salt Lake Temple spires.jpg
História
Primeira Visão
Crise na sucessão
Escrituras-padrão
Livro de Mórmon
Doutrina e Convênios
Pérola de Grande Valor
Bíblia
Importantes líderes
Joseph Smith Jr. · Oliver Cowdery
Sidney Rigdon · Brigham Young
Thomas S. Monson
Publicações Periódicas (em português)
A Liahona
Doutrinas
Regras de fé
Estrutura
Primeira Presidência
Quórum dos Doze Apóstolos
Quórum dos Setenta
Conflitos
Guerra Mórmon · Guerra de Utah
Legião Nauvoo · Batalhão Mórmon
Ramificações
A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Comunidade de Cristo
Bickertonitas · Strangitas
Igreja de Cristo (Lote do Templo)


Alma, filho de Alma, ou Alma, o filho (100 a.C. - 73 a.C.[1] ) é um personagem do Livro de Mórmon, um profeta nefita.

Os termos Alma, o filho e Alma, o pai não são encontrados no Livro de Mórmon, mas são usados por estudiosos do livro para distinguir o pai do filho, uma vez que ambos são personagens proeminentes.

De acordo com o Livro de Mórmon, Alma, o filho, viveu em Zaraenla durante o fim do reinado do rei Mosias, e foi um grande perseguidor da Igreja.[2] [3]

Quando jovem, Alma e os quatro filhos de Mosias (Amon, Aarão, Ômner e Hímni) combateram veementemente a Igreja, usando a influência que tinham como filhos de líderes do povo e da Igreja para desviar seus membros.

Narra-se que seu pai orava constantemente pelo seu arrependimento. Em resposta a estas orações, Deus mandou um anjo para advertir Alma, o filho e seus companheiros a se arrependerem, ou seriam destruídos. Ainda segundo o livro, Alma ficou tão impressionado com a advertência do mensageiro celestial que sofreu de paralisia completa de seus membros e corpo por dois dias e duas noites.[4]

Convertidos, os filhos de Mosias recusaram o trono e viajaram para terra dos lamanitas para pregar-lhes o Evangelho[5] enquanto Alma permaneceu na terra de Zaraenla e foi eleito primeiro Juiz Supremo pelo povo nefita, sucedendo Helamã, com o fim da monarquia. Tornou-se também o sumo-sacerdote da Igreja, sucedendo o pai e ficando responsável do cuidado das placas com os registros dos profetas nefitas.[6]

Anos depois, com o enfraquecimento da Igreja entre os nefitas, Alma renunciou ao cargo de Juiz Supremo e iniciou uma jornada por diversas cidades para pregar aos nefitas.[7] Começou em Zaraenla, depois em Gideão e Meleque. Sua última parada entre os nefitas foi em Amonia, cidade em que foi recebido de forma muito hostil.

Os amonitas já haviam pertencido a Igreja e apostataram, por isso, segundo o texto do Livro de Mórmon estavam sob influência e domínio de Satanás. Foi expulso de Amonia e decidiu mudar sua rota para o sul, onde encontrou Amuleque, que o alimentou e o abrigou por algum tempo. Amuleque passou a acompanhar Alma na pregação, sendo de grande importância neste trabalho por ser nativo.[8]

Enquanto pregavam, Alma e Amuleque se depararam com um advogado chamado Zeezron que se opôs a dupla de forma muito ousada, usando de artifícios para confundi-los e fazê-los cair em contradição, no que foi frustrado.[9]

Durante anos, sob a liderança de Alma, a Igreja nefita prosperou, sem que nada atrapalhasse seu progresso, até o aparecimento de um nefita chamado Corior, descrito no Livro de Mórmon como um anti-cristo porque negava o advendo de Jesus Cristo, pregando que a lei de Moisés era o suficiente para a salvação do povo. Alma o amaldiçoou e Corior ficou mudo, confessando posterior, por escrito, seus pecados e crimes. Acabou morrendo pisoteado por uma multidão enquanto pedia esmola.[10]

Alma organizou uma missão entre um grupo de dissidentes nefitas conhecidos como zoramitas, obtendo grande sucesso com os mais humildes, que eram negligenciados pelos seus conterrâneos em seus cultos e sinagogas.[11]

No fim de sua vida, Alma instruiu seus filhos Helamã[12] , Siblon[13] e Coriânton[14] individualmente, e os abençoou. Designou a Helamã a guarda dos registros e desapareceu, no décimo nono ano do governo dos Juízes sobre os nefitas[15] , indo para a cidade de Meleque e nunca mais foi visto.

O Livro de Mórmon diz que Mórmon e Helamã crêem que, assim como Moisés, Alma foi sepultado pela mão do Senhor.

Alma é um dos personagens com a mais detalhada descrição, sendo creditada a ele a autoria da maior parte do maior livro do Livro de Mórmon, o Livro de Alma.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Notas de rodapé[editar | editar código-fonte]

Nota: todas as referências de escrituras do Livro de Mórmon marcadas com ligação externa nos números de capítulo e/ou versículo apontam para a sua versão oficial para internet em língua portuguesa, publicada pela Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no seu site oficial.

As marcas estão apenas sobre os números de capítulo e versículo com o propósito de permitir ligação interna para artigos sobre os livros correspondentes às mesmas referencias.

  1. Os resumos de capítulo e notas de rodapé do Livro de Mórmon (The Book of Mormon Portuguese 1997) denotam as aparições deste personagem ocorrendo neste período, aproximadamente.
  2. O termo Igreja é, ao contrário da Bíblia, adotado no Livro de Mórmon mesmo no período anterior ao nascimento de Jesus Cristo para designar os que criam na vinda dele à Terra como Messias e, eventualmente, em sua visita à Terra da Promissão do povo nefita, o Continente Americano. Vide Igreja no Livro de Mórmon.
  3. Vide Livro de Mórmon (The Book of Mormon Portuguese 1997) - Livro de Mosias 27:8-10.
  4. Vide Livro de Mórmon (The Book of Mormon Portuguese 1997) - Livro de Mosias 27:11-24 e Livro de Alma 36:6-27.
  5. Vide Livro de Mórmon (The Book of Mormon Portuguese 1997) - Livro de Mosias 28:1-3.
  6. Vide Livro de Mórmon (The Book of Mormon Portuguese 1997) - Livro de Mosias 29:42.
  7. Vide Livro de Mórmon (The Book of Mormon Portuguese 1997) - Livro de Alma 4:11-20.
  8. Vide Livro de Mórmon (The Book of Mormon Portuguese 1997) - Livro de Alma 9-14.
  9. Vide Livro de Mórmon (The Book of Mormon Portuguese 1997) - Livro de Alma 11-12.
  10. Vide Livro de Mórmon (The Book of Mormon Portuguese 1997) - Livro de Alma 30:6-60.
  11. Vide Livro de Mórmon (The Book of Mormon Portuguese 1997) - Livro de Alma 31-32.
  12. Vide Livro de Mórmon (The Book of Mormon Portuguese 1997) - Livro de Alma 36-37.
  13. Vide Livro de Mórmon (The Book of Mormon Portuguese 1997) - Livro de Alma 38.
  14. Vide Livro de Mórmon (The Book of Mormon Portuguese 1997) - Livro de Alma 39-42.
  15. Os resumos de capítulo e notas de rodapé do Livro de Mórmon (The Book of Mormon Portuguese 1997) denotam este ano como sendo 73 a.C.