Almeida Martins

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Padre Almeida Martins foi um religioso brasileiro, que iniciou uma crise política entre a igreja e a maçonaria. Ele pronunciou, em 3 de março de 1872, um sermão "em termos tirados da linguagem maçônica" para saudar a aprovação da Lei do Ventre Livre, que foi proposta pelo presidente do conselho de ministros, o Visconde do Rio Branco, grão-Mestre da maçonaria. O ato causou a suspensão de suas funções como padre pelo bispo Dom Pedro Maria de Lacerda, do Rio de Janeiro[1] .

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.