Aloe dichotoma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaAloe dichotoma
Aloe dichotoma -Keetmanshoop, Namibia-21Aug2009-2.jpg

Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Asparagales
Família: Xanthorrhoeaceae
Género: Aloe
Espécie: A. dichotoma
Nome binomial
Aloe dichotoma
Masson
Sinónimos
Aloe montana
Aloe ramosa
Aloe dichotoma var. montana

Aloe dichotoma é uma espécie de aloe, pertencente à família Xanthorrhoeaceae.[1] É uma espécie arborescente que pode chegar aos nove metros de altura e seis de envergadura, crescendo num tronco único, produzindo folhas de vinte a trinta centímetros, carnudas e espinhosas nas bordas.

Floresce no inverno até Janeiro ou Fevereiro, apresentando vistosas flores amarelas que podem ser ingeridas, tendo um gosto que se assemelha ao espargo. Presente na natureza desde a África do Sul até à Namíbia, revela-se uma espécie muito resistente à seca e variações climáticas, podendo acomodar-se em terrenos rochosos e secos até uma média de vida de sessenta a oitenta anos.

O tronco é revestido por uma película branca que ajuda a repelir os raios solares, formando pequenas escamas afiadas e cortantes. Os pássaros tecelões aproveitam este facto para nidificarem nos seus ramos, ficando ao abrigo de predadores.

Referências

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Aloe dichotoma
Ícone de esboço Este artigo sobre plantas é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.