Alomônio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Uma alomona ou alomônio é qualquer substância química produzida e libertada por um indivíduo de uma espécie que afecta o comportamento de um membro de outra espécie em benefício do produtor. A produção de alomonas é uma forma comum de defesa, particularmente de espécies vegetais contra insectos herbívoros.

Muitos insectos desenvolveram formas de se defenderem contra estas defesas vegetais. Um método de adaptação às alomonas é desenvolver uma reacção positiva a elas; a alomona torna-se uma cairomona. Outros alteram as alomonas para formar feromonas ou outras hormonas, e outros ainda adoptam-nas nas suas próprias estratégias defensivas, por exemplo ao regurgitarem-nas quando atacados por insectos insectívoros.

Exemplos[editar | editar código-fonte]

Alteram o crescimento e desenvolvimento e reduzem a longevidade de adultos: toxinas ou factores redutores de digestibilidade.

Alteram o comportamento normal de selecção de hospedeiro: repelentes, supressores, excitantes locomotores.

Plantas que produzem alomonas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Botânica é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.