Alpha Muscae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
α Muscae
Dados observacionais (J2000)
Constelação Musca
Asc. reta 12h 37m 11,0s[1]
Declinação -69° 08′ 08,0″[1]
Magnitude aparente 2,69[2]
Características
Tipo espectral B2IV-V[3]
Cor (U-B) –0,854[2]
Cor (B-V) –0,219[2]
Variabilidade β Cephei[4]
Astrometria
Velocidade radial 13 km/s[1]
Mov. próprio (AR) -40,20 ± 0,10 mas/a[1]
Mov. próprio (DEC) -12,80 ± 0,10 mas/a[1]
Paralaxe 10,34 ± 0,11 mas[1]
Distância 315 ± 3 anos-luz
97 ± 1 pc
Magnitude absoluta –2,2[5]
Detalhes
Massa 8,8 ± 0,1[3] M
Raio 4,8[6] R
Gravidade superficial 4,06 (log g)[5]
Luminosidade 4 000[5] L
Temperatura 21 400[5] K
Rotação 114 km/s[7]
Idade 18,3 ± 3,2 milhões[3] de anos
Outras denominações
CD-68 1104, FK5 474, HR 4798, HD 109668, HIP 61585, SAO 251974.[1]
Alpha Muscae
Musca constellation map.png

Alpha Muscae (α Muscae, α Mus) é a estrela mais brilhante da constelação de Musca, com uma magnitude aparente de +2,69.[2] Com base em seu paralaxe de 10,34 milissegundos de arco,[1] está a uma distância estimada de 315 anos-luz (97 parsecs) da Terra.

Com um tipo espectral de B2 IV-V,[3] Alpha Muscae parece estar saindo da sequência principal e tornando-se uma estrela subgigante, conforme o hidrogênio em seu núcleo se esgota. É maior que o Sol, com aproximadamente nove vezes a massa solar e quase cinco vezes o raio.[3] [6] Irradia cerca de 4 000 vezes mais energia que o Sol a uma temperatura efetiva de 21 400 K,[5] dando à estrela um tom azul-branco típico de estrelas de classe B.[8] Possui uma rotação rápida com uma velocidade de rotação projetada de 114 km/s e uma idade estimada de cerca de 18 milhões de anos.[7] [3]

Alpha Muscae parece ser uma estrela variável do tipo Beta Cephei, cujo brilho varia em 1% em um período de 2,2 horas.[9] Telting et al (2006) considera a estrela como uma variável Beta Cephei com um alto grau de certeza,[4] embora Stankov e Handler (2005) listem-na como um candidato fraco ou rejeitado em seu Catalog of Galactic β Cephei Stars.[7] Alpha Muscae é um membro de movimento próprio do subgrupo Centaurus-Crux Inferior da associação OB Scorpius-Centaurus, a associação OB mais próxima do Sol.[5] A estrela tem uma velocidade peculiar de 10 km/s, que, apesar de alta, não é suficiente para ser considerada uma estrela fugitiva.[3]

Uma estrela de magnitude 13 está situada a cerca de 30 segundos de arco de Alpha Muscae. Não se sabe se as estrelas formam um verdadeiro sistema estelar binário ou se são apenas uma binária óptica.[9]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h SIMBAD query result - alf Mus. SIMBAD. Página visitada em 27 de junho de 2012.
  2. a b c d Gutierrez-Moreno, Adelina; Moreno, Hugo (junho de 1968), "A photometric investigation of the Scorpio-Centaurus association", Astrophysical Journal Supplement 15: 459, doi:10.1086/190168, Bibcode1968ApJS...15..459G 
  3. a b c d e f g Tetzlaff, N.; Neuhäuser, R.; Hohle, M. M. (janeiro de 2011), "A catalogue of young runaway Hipparcos stars within 3 kpc from the Sun", Monthly Notices of the Royal Astronomical Society 410 (1): 190–200, doi:10.1111/j.1365-2966.2010.17434.x, Bibcode2011MNRAS.410..190T 
  4. a b Telting, J. H. et al. (junho de 2006), "A high-resolution spectroscopy survey of β Cephei pulsations in bright stars", Astronomy and Astrophysics 452 (3): 945–953, doi:10.1051/0004-6361:20054730, Bibcode2006A&A...452..945T 
  5. a b c d e f de Geus, P. T.; de Zeeuw; Lub, J. (junho de 1989), "Physical parameters of stars in the Scorpio-Centaurus OB association", Astronomy and Astrophysics 216 (1-2): 44–61, Bibcode1989A&A...216...44D 
  6. a b Underhill, A. B. et al. (novembro de 1979), "Effective temperatures, angular diameters, distances and linear radii for 160 O and B stars", Monthly Notices of the Royal Astronomical Society 189: 601–605, Bibcode1979MNRAS.189..601U 
  7. a b c Stankov, Anamarija; Handler, Gerald (junho de 2005), "Catalog of Galactic β Cephei Stars", The Astrophysical Journal Supplement Series 158 (2): 193–216, doi:10.1086/429408, Bibcode2005ApJS..158..193S 
  8. "The Colour of Stars", Australia Telescope, Outreach and Education (Commonwealth Scientific and Industrial Research Organisation), 21 de dezembro de 2004, http://outreach.atnf.csiro.au/education/senior/astrophysics/photometry_colour.html, visitado em 16 de janeiro de 2012 
  9. a b Kaler, James B. ALPHA MUS (Alpha Muscae). Stars. Página visitada em 7 de janeiro de 2014.
Ícone de esboço Este artigo sobre Estrelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.