Aluco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaStrix aluco
Strix aluco aluco.jpg

Estado de conservação
Status iucn3.1 LC pt.svg
Pouco preocupante
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Strigiformes
Família: Strigidae
Género: Strix
Espécie: S. aluco
Nome binomial
Strix aluco
Linnaeus, 1758
Distribuição geográfica
Mapa de distribuição da coruja-do-mato
Mapa de distribuição da coruja-do-mato

O aluco (Strix aluco) é uma coruja da família dos estrigídeos, encontrada na Europa, África e Ásia. Também é conhecida pelo nome de coruja-do-mato.

É responsável pelos sons de corujas mais familiares, mas apesar de ser muito escutada é poucas vezes observada. O seu piar parece um assobio muito grave[1] , normalmente em séries de dois ou três, huu ... pausa ... huu-huu-huu, podendo piar por longas horas.

Tem um comprimento de 37–43 cm e uma envergadura de asas de 81–96 cm. O seu voo é plano e directo. Apresenta o dorso castanho e malhado de castanho-amarelado. A parte inferior é castanho amarelada com faixas verticais castanhas. Apresenta um disco facial muito marcado, de cor mais clara, e olhos grandes e castanhos escuros.

É uma ave sedentária, que frequenta cidades e jardins, matas e florestas de folha decídua. Alimenta-se de pequenos mamíferos e aves. É essencialmente nocturna, com uma visão apurada. A sua retina tem 56.000 bastonetes por milímetro quadrado, permitindo-lhe ver uma presa a alguns metros de distância apenas com a luz de uma vela afastada 500 metros.

Faz ninho em buracos de árvores ou edifícios, pondo 2 a 4 ovos. Defende ferozmente o seu ninho, podendo atacar humanos. Como o seu voo é muito silencioso, pode não ser detectada a tempo. Ataca a face do oponente com as suas fortes patas, podendo causar lesões graves.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Aluco