Amêijoa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaAmêijoa
Amêijoas

Amêijoas
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Mollusca
Classe: Bivalvia
Subclasse: Heterodonta
Ordem: Myoida
Famílias
Várias

Amêijoa é a designação comum dada a vários moluscos bivalves, de várias famílias da ordem Veneroida, essencialmente dos Lucinidae, dos Cardiidae e Veneridae. Muitos são utilizados na alimentação humana. No Brasil são mais conhecidas pelo seu nome em italiano: vongola, no plural vongole, ambas com tônica na primeira sílaba (proparoxítonas).

Algumas espécies[editar | editar código-fonte]

Usos humanos[editar | editar código-fonte]

Aquário[editar | editar código-fonte]

A Tridacna maxima, uma espécie de amêijoa gigante, é uma espécie popular para os aquários de água salgada.

Em contexto religioso[editar | editar código-fonte]

A civilização Moche do Peru antigo venerava o mar e seus animais. Eles frequentemente representavam amêijoas em sua arte.[1]

Nas tradições judias todos os moluscos são considerados não Cashrut e portanto estritamente evitados por judeus.

Como moeda[editar | editar código-fonte]

Algumas espécies de amêijoas, principalmente Mercenaria mercenaria, foram usadas pelos ameríndios Algonquinos do leste da América do Norte para manufaturar wampum, um tipo de moeda com conchas.[carece de fontes?]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Berrin, Katherine & Larco Museum. The Spirit of Ancient Peru:Treasures from the Museo Arqueológico Rafael Larco Herrera. New York: Thames and Hudson, 1997.
Ícone de esboço Este artigo sobre moluscos, integrado no Projeto Invertebrados é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.