Novo Mandamento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Amai-vos)
Ir para: navegação, pesquisa
A Última Ceia, de El Greco.

O Novo Mandamento ou Mandamento da Caridade, na fé cristã, é a admoestação que Jesus fez aos seus discípulos na Última Ceia, conforme registro João 13:34-35.

«Um mandamento novo vos dou, que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis. Nisto conhecerão todos que sois meus Discípulos, se vós tiverdes amor uns entre os outros.» (João 13:34-35)


Em português, o Novo Mandamento é conhecido também pela forma abreviada amai-vos uns aos outros, ou simplesmente amai-vos. Em João 15, Jesus o reafirma como Mandamento do amor.

Evangelhos[editar | editar código-fonte]

Nos evangelhos sinóticos, Jesus emite um preceito semelhante, dois dias antes da Última Ceia, quando articula citações da Shemá Israel (Amarás ao Senhor teu Deus) e do Grande Mandamento (Amarás a teu próximo como a ti mesmo). Em resposta à pergunta de um advogado, que disse: Mestre, qual é o mandamento grande na Lei?, Jesus afirma: Amarás ao Senhor teu Deus com todo teu coração, e com toda tua alma, e com todo teu entendimento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este é: Amarás a teu próximo como a ti mesmo. (Mateus 22:35-40, com paralelos em Marcos 12:28-31 e Lucas 10:25-28).

Pode-se dizer que o Novo Mandamento é um sumário dos ensinamentos de Jesus, de sua vida e morte.[1] Segundo a exegese cristã do texto de João, o Novo Mandamento, em lugar de tentar cumprir a Lei ou os ensinamentos dos profetas, é a expressão do amor de Jesus Cristo, um modelo para o amor na humanidade. O amor entre os homens torna-se consequência do amor anterior de Jesus.[2]

Referências

  1. The Need for Full Christian Unity
  2. Richard A. Burridge. Imitating Jesus: an inclusive approach to New Testament ethics, 2007. p.327