Amalie Materna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Amalie Materna
Informação geral

Amalie Materna (St. Georgen, Áustria, [[10 de Julho de 1847]] - Viena, [[18 de Janeiro de 1918]]) foi uma cantora lírica (soprano) austríaca. Estreou no teatro Thalia em Graz, talvez em 1864, e posteriormente casou-se com Karl Friedrich, ator, e trabalhou com ele nos teatros dos bairros de Viena, onde cantou em operetas. Em 1869 apareceu na ópera imperial de Viena, no papel de Selika em "L'Africaine" com sucesso.

Dados da carreira[editar | editar código-fonte]

Em 1876 ganhou reputação internacional pela performance de Brünnhilde na tetralogia de O Anel do Nibelungo no festival de Wagner em in Bayreuth. Cantou em concertos na Inglaterra em 1877, e foi aos Estados Unidos em 1882 para cantar no festival de música de Nova Iorque naquele ano. Foi contemporânea de possível rival de Lilli Lehmann.

Amalie Materna foi a primeira Kundry em Parsifal.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Em inglês: