Ambato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde setembro de 2009).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
San Juan de Ambato
Ambato
Ecuador Ambato MonumentJuanMontalvo.JPG
Bandeira oficial de San Juan de Ambato
Brasão oficial de San Juan de Ambato
Bandeira Brasão
Lema: "Tierra de las Flores y las Frutas"
País Equador
Província Tungurahua
Prefeito Fernando Callejas Barona
Área  
  Total aprox. 48.3 km² km²
Altitude 2500 m
População  
  Cidade 225.000 hab(INEC 2010)
    Densidade   4.140 hab/km²/km²
Website: www.ambato.gov.ec/

Ambato (oficialmente San Juan de Ambato) é uma cidade no centro de Equador, situada às margens do rio de Ambato. É o capital da província de Tungurahua, a uma altitude de 2 600 metros acima do nível do mar. A população é de 154 095 habitantes (INEC, 2001).

A cidade é um centro de comércio e de transporte em uma região fértil perto da encosta norte do vulcão Tungurahua. Toda segunda-feira, acontece o maior mercado de tipos de frutas, vegetais e de carnes de todo o país.

Um terremoto em 5 de agosto de 1949, destruiu a maior parte da cidade, de modo que somente poucos edifícios da era colonial permanecem.

Como uma maneira de se recuperar do trágico terremoto, Ambato iniciou seu tradicional Festival das Frutas e Flores. Ele é agora a principal atração turística que acontece no período do carnaval.

As atrações turísticas incluem o mausoléu de Juan Montalvo, as propriedades de Juan León Mera, e a catedral branca de Ambato.

Ambato é também onde, em 12 de novembro de 1821, Antonio José de Sucre conseguiu a maior vitória sobre o exército real espanhol durante a guerra de independência.

Entre as pessoas famosas de Ambato está o pintor Aníbal Villacís.

Ambato é uma bonita cidade e cerca de 350.000 pessoas estão vivendo nesta pequena metrópole equatoriana, a quarta maior do país.

Ambato é uma próspera cidade a apenas 2 horas e meia ao sul de Quito e situa-se em um cume entre alguns morros íngremes e um vale que cai drasticamente.

A cidade tem orgulho da sua herança cultural, e se autodenomina como 'Tierra de Los Tres Juanes ". Os três Joões foram Juan Leon Mera, que foi um escritor e poeta que é mais famoso por escrever o hino nacional do Equador; Juan Montalvo foi outro famoso escritor a que muitos chamaram de "Cervantes da América do Sul"; Benigno Juan Vela foi professor de renome e campeão da juventude do país. Todos estão imortalizados nos parques, museus e edifícios de Ambato.

A cidade também é chamada de "Jardim do Equador", bem conhecida por sua produção de pêssegos, maçãs, peras, uvas, laranjas, morangos, cana de açúcar, cereais e todas as classes de produtos vegetais. Sua produção industrial baseia-se nos têxteis, flores, conservas de frutas, artigos de pele, borracha, e mobiliário.

Ambato se tornou em uma maravilha arquitetônica onde edifícios modernos coexistem elegantemente com prédios coloniais. Modernas estruturas deram à cidade um aspecto metropolitano, ao mesmo tempo em que reforçam a arquitetura colonial remanescente.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Ambato