Ambystoma altamirani

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaAmbystoma altamirani
Taxocaixa sem imagem
Estado de conservação
Status iucn3.1 EN pt.svg
Em perigo
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Amphibia
Ordem: Caudata
Família: Ambystomatidae
Género: Ambystoma
Espécie: A. altamirani
Nome binomial
Ambystoma altamirani
Dugès, 1895
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Ambystoma altamirani

Ambystoma altamirani é uma espécie de anfíbio caudado pertencente à família Ambystomatidae.

É uma espécie nativa do México, onde ocorre em populações isoladas a Sul e Oeste do Vale do México. As populações conhecidas encontram-se em: Lagunas de Zempoala, Monte Ajusco e Desierto de los Leones. Ocorre em altitudes de 2700 a 3200 m.

Conservação[editar | editar código-fonte]

  • O estatuto de conservação, segundo a IUCN, é: Ameaçado (Endangered: EN)
  • Este estatuto baseia-se nos critérios: A2ace; B1ab(iii,v)+2ab(iii,v)
  • A justificação para esta classificação é:
    • decréscimo populacional acentuado
    • área de ocupação menor que 500 km²
    • área de distribuição severamente fragmentada
  • Data da classificação: 21 de Janeiro de 2004

A espécie encontra-se ameaçada por perda de habitat induzida pela actividade humana, nomeadamente o abate ilegal de árvores em parques nacionais, a actividade turística e o aumento de poluição.[1] A presença de espécies invasoras predadoras contribui também para o declínio da população.[1]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Ambystoma altamira na AmphibiaWeb (em inglês). Página visitada em 12 de Outubro de 2007.
Ícone de esboço Este artigo sobre anfíbios caudados, integrado no Projeto Anfíbios e Répteis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.