American Gigolo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
American Gigolo
American Gigolo (PT)
Gigolô Americano (BR)
Pôster promocional
 Estados Unidos
1980 • cor • 117 min 
Direção Paul Schrader
Produção Jerry Bruckheimer
Roteiro Paul Schrader
Elenco Richard Gere
Lauren Hutton
Hector Elizondo
Nina Van Pallandt
Bill Duke
Gênero Drama
Idioma Inglês
Música Giorgio Moroder
Cinematografia John Bailey
Edição Richard Halsey
Distribuição Paramount Pictures
Lançamento Estados Unidos 8 de fevereiro de 1980
Portugal 12 de setembro de 1980
Orçamento US$4,800,000[carece de fontes?]
Receita US$22,743,674[1] (doméstico)
Página no IMDb (em inglês)

American Gigolo (br: Gigolô Americanopt: American Gigolo) é um filme estadunidense de 1980, do gênero drama, escrito e dirigido por Paul Schrader e baseado no filme de 1959 Pickpocket, de Robert Bresson.[2] Estrelado por Richard Gere no papel principal, o diretor Schrader considera-se um dos quatro filmes semelhantes, o que ele chama de "duplas delimitadoras": Taxi Driver, marcado por Light Sleeper, e American Gigolo marcado por The Walker.[3]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Julian Kaye vive em Beverly Hills e é um dos gigolô mais bem pagos da cidade, atendendo mulheres sofisticadas, ricas e entediadas. Mas quando ele se envolve com Michelle Stratton, a esposa de um senador, acaba sendo acusado do assassinato de outra cliente.[2]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Globo de Ouro 1981 (EUA)

  • Recebeu duas indicações, nas categorias de Melhor Trilha Sonora e Melhor Canção Original (Call Me, da banda Blondie).

Produção[editar | editar código-fonte]

Christopher Reeve teria recusado o papel de Julian Kaye apesar de ser oferecida uma taxa de um milhão de dólares,[4] antes de Richard Gere tornar-se ligado ao papel. Gere disse em 2012 que ele foi atraído para o papel por causa de seu subtexto gay. "Eu li e pensei, 'Isso é um personagem que eu não sei muito bem. Eu não possuo um terno. Ele fala línguas. Eu não falo nenhum idioma. Há um tipo de coisa gay que está flertando através e eu não conhecia a comunidade gay em tudo. "Eu queria mergulhar em tudo isso e eu tinha literalmente duas semanas. Então eu mergulhei dentro".[5]

John Travolta interessou-se pelo papel e brevemente substituiu Gere antes de começar a ter "pés frios" e abandonar o filme.[6] [7] Esta não é o único trabalho que Travolta recusou que posteriormente foi feito por Gere: já havia acontecido com Days of Heaven (1978)[8] e ocorreu novamente quando Travolta foi oferecido a liderança em ambos An Officer and a Gentleman (1982) e Chicago (2002).[9] Muitas breves cenas de nudez de Gere marcou a primeira vez que um grande ator de Hollywood ficou frontalmente nu em um filme.[10] [11] De acordo com Gere, a nudez não estava no roteiro original. "Foi apenas no processo natural de fazer o filme. Eu certamente me sentia vulnerável, mas eu acho que é diferente para os homens do que as mulheres".[5]

Julie Christie foi lançada originalmente no papel de Michelle Stratton, mas sua saída foi precipitada pela substituição de Travolta por Gere.[7] No momento em que Gere tinha voltado para o projeto, Lauren Hutton já haviam sido contratada, ela já tinha uma carreira consagrada como top model (da famosa agência Ford Models) quando começou a atuar. Entre seus trabalhos como modelo destacam-se a gigante dos cosméticos Revlon e a grife Chanel. Meryl Streep também foi oferecido o papel de Michelle, mas recusou porque ela não gostou do tom do filme.[12]

Schrader reconhece que Pickpocket (1959) pelo diretor francês Robert Bresson foi uma influência direta sobre o filme;[13] [14] a composição da cena final inspira-se fortemente a partir do filme,[15] [16] assim como o último diálogo.[17] Schrader mais tarde, desde uma introdução ao DVD Criterion Collection de Pickpocket. Schrader re-visitou muitos dos temas de American Gigolo em seu filme de 2007, The Walker,[18] e diz que a idéia para o filme surgiu enquanto se perguntava o que teria acontecido com o personagem Julian Kaye.[19]

O filme é amplamente creditado por ter estabelecido Giorgio Armani em Hollywood, já que as roupas da grife italiana aparecem com destaque.[20]

Referências

  1. Box Office Mojo. 2010. American Gigolo (1980). [Online] IMDb.com, Inc. (Updated 2010) Available at: http://www.boxofficemojo.com/movies/?id=americangigolo.htm [Acessado em 17 de julho de 2014]. Arquivado em http://www.webcitation.org/5n28WEaQl.
  2. a b "Gigolo americano fala sobre pecado e redenção" Folha de São Paulo. Visitado em 07 de março de 2014.
  3. The Story of Film: An Odyssey, em American Cinema of the 70s na 1 ª temporada de 2011, o evento ocorre aos 28 minutos no canal More4
  4. Holley, J., 2004. A Leading Man for Spinal Cord Research. The Washington Post, [internet] 12 October. Available at http://www.washingtonpost.com/wp-dyn/articles/A23222-2004Oct11.html [Acessado em 17 de julho de 2014]. Arquivado em http://www.webcitation.org/5n3XvSoO5.
  5. a b Richard Gere Accepted American Gigolo Role Because of Gay Subtext
  6. Jones, C. 2002. Richard Gere: On guard. [Online] BBC (Updated 27 Dec 2002) Available at: http://news.bbc.co.uk/1/hi/in_depth/uk/2000/newsmakers/2591237.stm [Acessado em 17 de julho de 2014]. Arquivado em http://www.webcitation.org/5n2vlsIV6.
  7. a b Yahoo! Movies. 2010. Julie Christie Biography. [Online] Yahoo! (Updated 2010) Available at: http://movies.yahoo.com/movie/contributor/1800020090/bio [Acessado em 17 de julho de 2014]. Arquivado em http://www.webcitation.org/5n4P3DZgY.
  8. Gilbey, R. 2009. Who's next for a Mickey Rourke-style comeback?. [Online] Guardian.co.uk (Updated 17 Feb 2009) Available at: http://www.guardian.co.uk/film/filmblog/2009/feb/16/mickey-rourke-wrestler [Acessado em 17 de julho de 2014]. Arquivado em http://www.webcitation.org/5n2wXCKBR.
  9. Lawrence, W., 2007. Travolta as you've never seen him before. Times Online, [internet] 30 June. Available at http://entertainment.timesonline.co.uk/tol/arts_and_entertainment/film/article1989219.ece [Acessado em 17 de julho de 2014]. Arquivado em http://www.webcitation.org/5n2wl0xoV.
  10. Persall, S., 2009. Male movie stars' naughty bits are nothing new. St. Petersburg Times, [internet] 7 March. Available at http://www.tampabay.com/features/movies/article981982.ece [Acessado em 17 de julho de 2014]. Arquivado em http://www.webcitation.org/5n26DnQUF.
  11. Dirks, T. 2009. History of Sex in Cinema: The Greatest and Most Influential Sexual Films and Scenes. [Online] Filmsite.org (Updated 2009) Available at: http://www.filmsite.org/sexinfilms.html (part 27) [Acessado em 17 de julho de 2014]. Arquivado em http://www.webcitation.org/5n26j4TVJ.
  12. Smurthwaite, N., 1984. The Meryl Streep Story. Beaufort Books. ISBN 978-0-8253-0229-9.
  13. Thompson, R.J., 1998. Pickpocket. Senses of Cinema, [online] 1998. Available at: http://archive.sensesofcinema.com/contents/cteq/00/7/pickpocket.html [Acessado em 17 de julho de 2014]. Arquivado em http://www.webcitation.org/5n6kr6A2S.
  14. Auty, C. 2008. Robert Bresson's Pickpocket. [Online] Film Forum (Updated 4 Aug 2008) Available at: http://www.filmforum.org/films/pickpocket.html [Acessado em 17 de julho de 2014]. Arquivado em http://www.webcitation.org/5n6lFFD91.
  15. Johnston, S., 2003. Film-makers on film: Paul Schrader. Telegraph.co.uk, [internet] 25 January. Available at http://www.telegraph.co.uk/culture/film/3589003/Film-makers-on-film-Paul-Schrader.html [Acessado em 17 de julho de 2014]. Arquivado em http://www.webcitation.org/5n5CfRHMB.
  16. Dawson, T. 2005. Pickpocket (2005). [Online] BBC (Updated 3 Apr 2005) Available at: http://www.bbc.co.uk/films/2005/04/04/pickpocket_2005_review.shtml [Acessado em 17 de julho de 2014]. Arquivado em http://www.webcitation.org/5n5CyDtou.
  17. Sight & Sound. 2007. Robert Bresson: Alias Grace. British Film Institute, [internet] November 2007. Available at: http://www.bfi.org.uk/sightandsound/feature/49407 [Acessado em 17 de julho de 2014]. Arquivado em http://www.webcitation.org/5n5DP9fzc.
  18. Malcolm, D., 2007. American gigolo in the frame. London Evening Standard, [internet] 9 August. Available at http://www.thisislondon.co.uk/film/review-23407689-american-gigolo-in-the-frame.do [Acessado em 17 de julho de 2014]. Arquivado em http://www.webcitation.org/5n65HEfVh.
  19. Schrader, P. 2007. The Walker. [Online] Landmark Theatres (Updated 2007) Available at: http://www.landmarktheatres.com/mn/walker.html [Acessado em 17 de julho de 2014]. Arquivado em http://www.webcitation.org/5n65msC6g.
  20. http://clothesonfilm.com/american-gigolo-armani-gere/13314/

Ligações externas[editar | editar código-fonte]