Amina Annabi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Amina Annabi (Cartago, Tunísia, 5 de março de 1962) é uma cantora e atriz franco-tunisina.

Inícios[editar | editar código-fonte]

Amina nasceu no seio de uma família de músicos. A sua avó era musicista e um dos seus trios participou na criação do Festival de Tabarka, em Tunes. Em 1975, Amina e sua mãe, uma talentosa música e compositora partiram para Paris.

Três anos mais tarde, Amina formou o seu próprio grupo. O grupo fez várias aparições nas escolas locais, mas foi em 1982 que Amina iniciou a sua carreira musical como cantora solista.

Eurovisão[editar | editar código-fonte]

Em 1991, Amina foi escolhida para representar a França no Festival Eurovisão da Canção 1991, que teve lugar em Roma. Com a sua canção "C'est le dernier qui a parlé qui à raison" conseguiu 146 pontos, empatada com Carola no primeiro lugar, com 146 pontos. Foi a cantora sueca quem levou a vitória por ter conseguido mais vezes 10 pontos.[1]

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Yahil - 1990
  • Wa di yé - 1992
  • Annabi - 1999
  • Nomad - 2001

Canções mais importantes[editar | editar código-fonte]

  • 3ada El Ghazal
  • Alguien canto
  • Annabi
  • Allah Ya Moulena
  • Atame
  • Belly dance
  • C'est le dernier qui a parlé
  • Diki diki
  • Dis moi pourquoi
  • Ederlezi
  • ezzayakoum
  • Habibi
  • La mauvaise graine
  • Lirrili
  • Mektoubi
  • My Man
  • Waadileh
  • Ya baba
  • Zahra

Filmes[editar | editar código-fonte]

Referências