Amintas IV da Macedónia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Amintas IV da Macedónia
Rei da Macedônia
Governo
Reinado 359 a.C
Consorte Cinane
Vida
Nascimento 365 a.C.
Morte 336 a.C. (29 anos)
Filhos Eurídice
Pai Pérdicas III da Macedónia

Amintas IV (ca. 365 a.C.336 a.C.) foi o rei titular da Macedónia em 359 a.C., filho do rei Pérdicas III da Macedónia.[1] [Nota 1]

Família[editar | editar código-fonte]

Seu pai, Pérdicas III, era filho de Amintas III e Eurídice.[2]

Amintas III teve duas esposas. Com Eurídice, ele teve três filhos, os reis Alexandre II, Pérdicas III e Filipe II, o Grande, e uma filha, Eurynoe.[2] Com Gygaea, ele teve três filhos, Arquelau, Aridaeous e Menelau.[2]

Breve reinado[editar | editar código-fonte]

O rei Alexandre II foi morto por uma conspiração de Eurídice, sua mãe; e Pérdicas III foi morto de forma semelhante, deixando um filho menor.[3] [Nota 2]

Ele tornou-se rei em 359 a.C.,[carece de fontes?] mas como só era apenas uma criança, o futuro Filipe II da Macedónia, irmão de Pérdicas, converteu-se no seu tutor e regente.[3] Quando a situação se tornou perigosa para a Macedónia, Filipe II foi forçado pelo povo a proclamar-se rei da Macedónia.[3] [Nota 3]

Reinado de Filipe e Alexandre[editar | editar código-fonte]

Amintas casou-se com Cinane, filha de Filipe II da Macedónia e Eurídice,[1] e tiveram uma filha, Eurídice.[1]

Ele foi assassinado por Alexandro Magno,[1] [4] [Nota 4] seu primo, imediatamente antes de sua campanha na Ásia.[1]

Após a morte de Alexandre, quando Pérdicas era o regente do império de Alexandre [carece de fontes?] e planejava se casar com Niceia, filha de Antípatro, ou com Cleópatra, filha de Olímpia,[5] Cinane trouxe sua filha Adea, mais tarde chamada Eurídice, para que ela se casasse com Filipe Arrideu,[1] mas Pérdicas e seu irmão Alcetas assassinaram Cinane, poucos dias após o casamento de Pérdicas com Niceia.[5]

Filipe Arrideu e sua esposa Eurídice foram assassinados a mando de Olímpia.[6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

Notas

  1. Este rei não consta das duas listas de reis da Macedónia na Crónica de Eusébio de Cesareia
  2. O texto de Juniano Justino não diz o nome do filho, mas logo adiante ele fala do primo de Alexandre de nome Amintas.
  3. Diodoro Sículo, ao tratar da ascensão de Filipe II, nem menciona Amintas IV, dando Filipe II como sucessor do seu irmão Pérdicas III. Ver Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro XVI, 2.4
  4. Amintas é citado por Juniano Justino como um primo de Alexandre, uma das vítimas de Alexandre que o atormentavam em seus delírios.

Referências

  1. a b c d e f Arriano, Eventos após Alexandre, 22-24, citado em epítome por Fócio, Biblioteca de Fócio
  2. a b c Juniano Justino, Epítome das Histórias de Pompeius Trogus, Livro 7, 4 [em linha]
  3. a b c Juniano Justino, Epítome das Histórias de Pompeius Trogus, Livro 7, 5 [em linha]
  4. Juniano Justino, Epítome das Histórias de Pompeius Trogus, Livro 12, 6 [em linha]
  5. a b Arriano, Eventos após Alexandre, 20-21, citado em epítome por Fócio, Biblioteca de Fócio
  6. Justino, Epítome das Histórias de Pompeius Trogus, 14.5 [em linha]
Precedido por:
Pérdicas III
Rei da Macedónia
359 - 356 a.C.
com Filipe II como regente
Sucedido por:
Filipe II


Árvore genealógica baseada no texto e nos artigos dos personagens citados:

 
 
 
 
 
 
 
 
Amintas III
 
 
 
Eurídice
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filina de Lárissa
 
 
 
Filipe II
 
 
 
Audata ou Eurídice
 
Pérdicas III
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Filipe Arrideu
 
 
 
Cinane
 
 
 
 
Amintas IV
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Eurídice
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.