Amintas I da Macedônia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Amintas I da Macedônia (em grego Αμύντας Ά; ca. 540 a.C.498 a.C.) foi um rei da Macedônia, vassalo tributário do rei Dario I, da Pérsia. Com ele pode-se dizer que se iniciou a história da Macedônia: foi o primeiro dos governantes daquela nação a se relacionar com os países vizinhos; estabeleceu uma aliança com o tirano Hípias, de Atenas, e quando este foi expulso de sua terra ofereceu-lhe o território de Ântemo, no golfo Termaico, com o objetivo de utilizar-se dos conflitos internos do mundo grego para a sua própria vantagem.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Durante o reinado de Amintas, Megabizo enviou sete persas à sua corte, para demandar terra e água em nome de Dario I.1 Os persas, porém, exigiram no banquete ver as mulheres macedônias, e, depois de vê-las, começaram a agarrá-las.2 Amintas, com medo dos persas, não fez nada, mas seu filho Alexandre, indignado,3 trocou as mulheres por rapazes sem barba, que mataram os persas,4 matando, em seguida, toda a comitiva persa.5

Quando o persa Bubares procurou os enviados, Alexandre o corrompeu com uma grande soma em dinheiro, e dando sua irmã Gigeia em casamento.5

Quando Hípias foi derrubado, Amintas ofereceu-lhe o território de Ântemo, no golfo Termaico, enquanto os tessálios ofereceram-lhe Iolco.6 O ex-tirano, porém, não aceitou, preferindo se retirar para Sigeu, que havia sido conquistada de Mitilene por Pisístrato e era governada pelo tirano Hegesístrato, filho natural de Pisístrato e uma mulher argiva.6

Referências

  1. Heródoto, Histórias, livro V, "Terpsícore", 17
  2. Heródoto, Histórias, livro V, "Terpsícore", 18
  3. Heródoto, Histórias, livro V, "Terpsícore", 19
  4. Heródoto, Histórias, livro V, "Terpsícore", 20
  5. a b Heródoto, Histórias, livro V, "Terpsícore", 21
  6. a b Heródoto, Histórias, livro V, "Terpsícore", 94

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Alcetas I
Rei da Macedônia
547 a.C.–498 a.C.
Sucedido por
Alexandre I