Ana Brenda Contreras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ana Brenda Contreras
Ana Brenda Contreras
Nome completo Ana Brenda Contreras
Nascimento 24 de Dezembro de 1986 (27 anos)
Río Bravo, Tamaulipas,  México
Nacionalidade Mexicana,  México
Ocupação atriz e cantora
IMDb: (inglês)

Ana Brenda Contreras (Río Bravo, 24 de dezembro de 1986) é uma atriz e cantora mexicana.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ana Brenda aos 15 anos emigrou para Cidade do México para participar do reality show musical Pop Stars, onde consegiu chegar como finalista e integrante do grupo musical, t'detila e gravou um disco com o mismo nome, iniciando assim sua carreira como cantora.

No ano de 2003 ela ingressou no (CEA) Centro de Educação Artística da Televisa, para estudiar atuação. Após dois anos em 2005, Ana Brenda realizou um casting para a telenovela Barrera de amor, produzida por Ernesto Alonso, assim ela conseguiu um dos dos papéis juvenis em sua carreira como atriz interpretando "Juanita". Essa telenovela foi protagonizada pela atriz Yadhira Carrillo.

Já em 2006 entrou no elenco da obra musical Vaselina sobre a produção de Julissa, nesse mesmo ano ela realiza uma participação especial na telenovela Duelo de pasiones, produzida por Juan Osorio, no papel de Claudia.

Após a saída da vedete Niurka Marcos do programa Los 5 Magníficos, Ana Brenda foi chamada pela produção para liderar a equipe vermelha, sendo eliminada una semana depois.

Em 2008 estrela o filme Divina confusión dirigido por Salvador Garcini. Ainda naquele ano, ela recebeu uma proposta de trabalho da produtora MaPat para realizar papel de protagonista na telenovela Juro que te amo, interpretando Violeta Madrigal, atuou com Patricia Navidad, José Ron entre outros, a telenovela início a medados de 2008 e terminou em fevereiro de 2009 sendo um sucesso.

Em 2009 a produtora Carla Estrada lhe ofereceu o papel de antagonista da telenovela Sortilégio, n esta telenovela foi a malvada Maura Albarrán, atuando com Jacqueline Bracamontes e Willian Levy.

Em 2010 participa da telenovela Teresa, sucesso daquele ano da Televisa, como Aurora Alcázar, moça bondosa, que mesmo sendo amiga da personagem título, sofre com as maldades feitas por ela. Ela foi co-protagonista desta novela que foi produzida por José Alberto Castro, também conhecido como "El Guero Castro", e protagonizada por Angelique Boyer, Aarón Diaz e Sebastián Rulli.

Em 2011 foi convidada por José Alberto Castro para protagonizar La que no podía amar. A telenovela vem marcando uma ótima pontuação no ibope e conseguiu reestabilizar o horário das sete da emissora mexicana.[1]

Trajetória[editar | editar código-fonte]

Telenovelas[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

  • Cabeza de Buda (2009) - Invitada
  • Divina confusión (2008) - Bibi

Séries de televisão[editar | editar código-fonte]

  • Tiempo final (2009) Capítulo "Diva" - Valentina
  • Mujeres Asesinas 2 (2009) Capítulo "Las Garrido, codiciosas" - Marcela Garrido

Prêmios & reconhecimentos[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Projeto Premio Resultado
2009 Revelação femenina Divina confusión Deusa de Prata Ganhadora
2012 Melhor Protagonista Feminino La Que No Podía Amar Premios Juventud Ganhadora
2014 Atriz Protagonista Corazón Indomable Tv y Novelas Indicada
2014 Melhor Tapa Corazón Indomable Favoritos del Público Indicada
2014 Casal Favorito Corazón Indomable Favoritos del Público Indicada
2014 A Mais Gata Corazón Indomable Favoritos del Público Indicada

Referências

  1. a b Esmas. Biografia de Ana Brenda (em espanhol). Página visitada em 1 de junho de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.