Ana Malhoa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde outubro de 2012)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ana Malhoa
Informação geral
Origem Lisboa
País  Portugal
Gênero(s) Música Pimba, Pop latino
Período em atividade 1985-Presente
Gravadora(s) Espacial
Página oficial http://www.anamalhoaoficialsite.com/

Ana Sofia Lopes Malhoa[1] (Lisboa, 6 de agosto de 1979) é uma cantora e apresentadora portuguesa. Filha do cantor popular José Malhoa, iniciou sua carreira musical em 1985, ao lado do pai. Em 1992, iniciou sua carreira musical solo voltada ao público infantil. Em 1995, conquistou o sucesso nos países lusófonos ao apresentar o programa Buéréré, pela SIC, transmitido fora de Portugal pela SIC Internacional. Em 2000, lançou seu álbum auto intitulado, com letras mais maduras. Desde então, segue com a carreira musical voltada ao público adulto, Em 2002, apresentou o Domingo Fantástico pela TVI, um programa de entretenimento, em directo, nas tardes de domingo.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ana Malhoa nasceu em Lisboa a 6 de agosto de 1979, filha de José Malhoa. Tem quatro meios-irmãos de mães diferentes e dois meios-irmãos de pai diferente. Foi criada pela sua madrasta Rosa, morta em 2012, aos 73 anos. Estudou até ao 12º ano. Em 2011, a revista "TV 7 Dias", afirmou, entre outras coisas, que o cantor José Malhoa terá escondido da filha a história da sua verdadeira mãe. A história remonta a 1979, quando Angelina Lopes engravidou de José Malhoa, que, já na altura, estava casado com Rosa Malhoa. Três meses depois de dar à luz Ana Malhoa, Angelina Lopes morreu. Segundo a versão da revista, Angelina ter-se-ia suicidado depois de descobrir que José era casado com outra mulher. A publicação também afirmou que Ana Malhoa estava junto da mãe biológica quando esta morreu. O cantor popular negou e disse "Nunca ficou provado que a Angelina tenha cometido suicídio. A Polícia Judiciária investigou e chegou à conclusão de que ela tomou em excesso o Efortil, um medicamento para elevar a tensão sanguínea, e morreu por não ter sido assistida". José e Rosa Malhoa garantem nunca terem escondido a verdade sobre a verdadeira mãe de Ana. "É claro que não lhe íamos contar a história quando ela tinha quatro anos. Mas quando tinha idade para perceber as coisas, lá pelos 12 anos, contámos-lhe toda a verdade. Ela nunca deixou de conviver com os familiares da mãe e até tem um álbum de fotos da Angelina", revelou José a revista SapoFama.[2]

É casada com Jorge Moreira desde 1998 e têm uma filha chamada Índia, nascida em 1999. Em 2009 posou nua para a revista Playboy Portugal, onde recebeu um cachet de 30 mil euros.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 1986 - Pai amigo (Ana Malhoa e José Malhoa)
  • 1986 - Vem Dançar (Ana Malhoa & José Malhoa)
  • 1988 - Nossa Lambada (Ana Malhoa e José Malhoa)
  • 1991 - Estamos unidos para sempre- (Ana Malhoa e José Malhoa)
  • 1992 - I'm Happy
  • 1994 - O amor nunca pode acabar
  • 1995 - Calças rasgadas
  • 1996 - Super-Buéréré
  • 1996 - Big-Buéréré
  • 1997 - Buéréré-Super
  • 1998 - Buéréré-SuperRock
  • 2000 - Ana Malhoa
  • 2001 - Por Amor
  • 2003 - Eu
  • 2004 - Eu Sou Latina
  • 2005 - Bué da Fixe
  • 2005 - Hot Reggaeton (por Lil'Queen)
  • 2006 - Êxitos (compilação)
  • 2007 - Nada me Pára
  • 2008 - Exótica
  • 2009 - Sexy
  • 2011 - Caliente
  • 2011 - A.M. Caliente! (Reedição)
  • 2013 - Azucar

Outros[editar | editar código-fonte]

  • 2006 - Triumph Without Weapons
  • 2009 - Skewer (música: "Bring Me Here")
  • 2012 - Colesterol de Amor - com El Cata
  • 2012 - As cores da Bandeira com India Malhoa

Referência[editar | editar código-fonte]

  1. Ana Sofia Lopes Malhoa Portal BASE - Contratos Públicos.
  2. JOSÉ MALHOA ESCLARECE DRAMA FAMILIAR