Ana de Brandemburgo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ana
Duquesa de Schleswig-Holstein
Marquesa de Brandemburgo
Schleswig holstein 2011 136.jpg
Túmulo de Ana e do seu marido, o rei Frederico I da Dinamarca
Governo
Consorte Frederico I da Dinamarca
Vida
Nascimento 27 de agosto de 1487
Berlim
Morte 3 de Maio de 1514 (26 anos)
Kiel
Filhos Cristiano III da Dinamarca
Doroteia da Dinamarca
Pai João Cícero de Brandemburgo
Mãe Margarida da Saxónia

Ana de Brandemburgo (27 de Agosto de 1487 - 3 de Maio de 1514) foi uma nobre alemã, marquesa de Brandemburgo.

Família[editar | editar código-fonte]

Ana era a quinta filha do príncipe-eleitor João Cícero de Brandemburgo e da sua esposa, a duquesa Margarida da Saxónia. Os seus avós paternos eram o príncipe-eleitor Alberto III Aquiles de Brandemburgo e a marquesa Margarida de Baden. Os seus avós maternos eram o landegrave Guilherme III da Turíngia (duque do Luxemburgo) e a duquesa Ana do Luxemburgo.[1]

Casamento[editar | editar código-fonte]

Em 1500, Ana ficou noiva do então duque Frederico de Schleswig-Holstein, que apenas se viria a tornar rei da Dinamarca após a morte dela. Como os dois eram primos em segundo grau (a mãe de Frederico, a marquesa Doroteia de Brandemburgo, era prima direita do pai de Ana), o casamento precisou de uma dispensação papal. Além disso, como Ana ainda era muito nova, o casamento só se realizou no dia 10 de Abril de 1502. A cerimónia foi dupla, visto que no mesmo dia, o irmão mais velho de Ana, Joaquim, casou-se com a sobrinha de Frederico, a princesa Isabel.[2]

Após a sua morte, Frederico voltou a casar-se, desta vez com a duquesa Sofia da Pomerânia.

Descendência[editar | editar código-fonte]

Ana e Frederico tiveram dois filhos:

Referências

  1. The Peerage
  2. Krarup, F. "Anna af Brandenborg", Dansk Biografisk Lexikon (ed. Carl Frederik Bricka), p.284.