Analista programador

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde setembro de 2011)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

O analista programador é um profissional de TI especialista em tecnologias, constantemente atualizado, que participa da fase de desenvolvimento de requisitos e da programação de computadores, incluindo desenvolvimento, testes e implementação.

O Diretor da Arth Informática, Antonio B Duarte Jr, em seu artigo 'As profissões de informática em constante desenvolvimento' no Jornal Informativo UNETTI, a esse respeito disse: "Esse profissional também conhece tecnicamente todas as fases da atividade, orientando na solução de problemas mais complexos, já que esse profissional vem a substituir o trabalho realizado antes por dois profissionais distintos em conjunto: O Analista de Sistemas e o Programador."

Atribuições[editar | editar código-fonte]

  1. Elaborar, coordenar, orientar atividades de desenvolvimento e manutenção de programas;
  2. Codificar e realizar testes;
  3. Preparar documentação e produzir de manuais de operação;
  4. Participar da implementação e da manutenção de novos sistemas;
  5. Ajustar sistemas existentes para acompanhar as mudanças nas necessidades das empresas e dos usuários;
  6. Realiza treinamentos de usuários.

Especializações[editar | editar código-fonte]

As especializações e os nomes dos cargos dos Analistas Programadores são atribuídos em função da linguagem de programação utilizada.

Os cargos atuais são:

  1. Analista programador mainframe
  2. Analista programador .NET
  3. Analista programador ABAP
  4. Analista programador ASP
  5. Analista programador C++
  6. Analista programador Delphi
  7. Analista programador Java
  8. Analista programador PHP
  9. Analista programador progress
  10. Analista programador Visual Basic

Formação[editar | editar código-fonte]

O curso pode incluir mais de uma qualificação (generalista) ou ao contrário, optar por aprofundar os conhecimentos do especialista em uma única linguagem de programação.

A especialização em Analista Programador pode ser obtida em um Curso livre, no Ensino técnico ou no Ensino superior. A carga horária mínima do curso gira em torno de 700 horas.

O conteúdo fundamental do curso contém: Análise de sistemas, Algoritmo, Sistemas Operacionais, Linguagens de Programação, Ambientes de programação, e Banco de dados.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Antonio B Duarte Jr, As profissões de informática em constante desenvolvimento, Jornal Informativo UNETTI. Itanhaém: União Nacional dos Estudantes e Trabalhadores em Tecnologia da Informação, 2011, mensal.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.