Analog Science Fiction and Fact

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Analog Science Fiction and Fact
Editor Stanley Schmidt
Editora Dell Magazines
Categoria revista de ficção científica
País EUA
Idioma inglês
ISSN 1059-2113
www.analogsf.com

Astounding Stories foi uma revista pioneira de ficção científica, fundada em 1930, publicada iniciamente como pulp com o nome Astounding Stories em 1936 passou a se chamar Astounding Science-Fiction e em 1960 Analog Science Fact & Fiction. Inicialmente, era publicada pela "Publisher's Fiscal Corporation", que depois se tornou "Clayton Magazines"; a Clayton fechou as portas no início de 1933 e a marca foi comprada pela "Street & Smith".

Histórico[editar | editar código-fonte]

Astounding Stories of Super-Science, inicialmente editada por Harry Bates, é normalmente considerada o fórum onde a ficção científica moderna foi criada. Ela mudou de nome repetidamente, tendo a mudança mais importante ocorrido em 1938 para Astounding Science-Fiction, e depois nos anos 60 para Analog Science Fiction and Science Fact, nome com o qual é publicada até hoje. A palavra "and" era, algumas vezes, substituída no logotipo da revista por um símbolo pseudo-matemático, que compreendia uma seta horizontal para a direita atravessando um "U". O símbolo, aparentemente inventado pelo editor John W. Campbell, dizia-se significar 'análogo a'[1] .

Referências

  1. Ashley , Michael. The history of the science-fiction magazine: the story of the science-fiction magazines from 1950 to 1970, Transformations, Volume 2. [S.l.: s.n.], 2005. 202 pp. 9780853237792

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma revista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.