Anas sibilatrix

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde setembro de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Como ler uma caixa taxonómicaMarreca-oveira
Marreca oveira.

Marreca oveira.
Estado de conservação
Status iucn3.1 LC pt.svg
Pouco preocupante (IUCN 3.1)
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Animalia
Subreino: Metazoa
Filo: Chordata
Subfilo: Vertebrata
Infrafilo: Gnathostomata
Superclasse: Tetrapoda
Classe: Aves
Subclasse: Neognathae
Ordem: Anseriformes
Família: Anatidae
Género: Anas
Espécie: A. sibilatrix
Nome binomial
Anas sibilatrix
Poeppig, 1829

Anas sibilatrix, conhecida popularmente por marreca-oveira, é uma ave da família Anatidae.

Mede entre 43 a 54 cm, com os machos pesando 900 gramas em média e as fêmeas, em média, 800 gramas.

Vive em lagos, lagoas, pântanos e rios de baixa correnteza. Prefere as águas profunas na maior parte do tempo. Ocupa habitats desde o nível do mar até 1 200 metros de altitude.

É espécie endêmica da América do Sul, encontrado do centro-sul da Argentina e Chile, até a Terra do Fogo. No inverno, migra em direção ao norte, alcançando Uruguai, Paraguai e sul do Brasil. Também está presente nas Ilhas Malvinas.

Põe de cinco a dois ovos, cujo período de incubação dura 26 dias.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Anas sibilatrix
Ícone de esboço Este artigo sobre Aves, integrado no Projeto Aves é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.