Andrágoras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Andrágoras
Sátrapa e monarca auto-proclamado da Pártia
Moeda de Andrágoras.
Obv: governante de barba portando a taenia.
Rev: legenda em grego ΑΝΔΡΑΓΟΡΟΥ (Andragorou, "de Andrágoras"). Quadriga conduzida por Nice, escoltada por um guerreiro armado.
Governo
Reinado 245–238 a.C. (como rei)
Vida
Morte 238 a.C.
A Pártia (em bege) sob Andrágoras, separou-se do Império Selêucida (em vermelho), em 247-245 a.C.[1]

Andrágoras (m. 238 a.C.) foi um sátrapa selêucida da província da Pártia (Partahia) durante o reinado dos governantes selêucidas Antíoco I Sóter e Antíoco II Teos.[1] [2]

Andrágoras declarou independência do Império Selêucida entre 247 e 245 a.C., período no qual os selêucidas estavam envolvidos num conflito com o Egito ptolemaico.[1] A revolta ocorreu logo depois do Reino Greco-Bactriano ter também se separado dos selêucidas, e Andrágora pode ter se aliado ao novo rei bactriano, Diodoto I.[1] Como forma de desafiar seus antigos superiores, Andrágoras cunhou moedas com seu nome, na qual aparece usando a diadema real.[3]

Seu governo, no entanto, durou apenas alguns anos, antes de ser derrotado e morto, por volta de 238 a.C., pelos parnos, liderados por Ársaces, dando início ao Império Parta.[1]

"Ele (Ársaces) estava habituado a uma vida de pilhagem e roubo, quando ouviu a respeito da derrota de Seleuco contra os gauleses. Livre do temor que sentia pelo rei, atacou os partas com um bando de ladrões, derrotando seu prefeito, Andrágoras, e, após o matar, assumiu o poder sobre a nação."[4]

Referências

  1. a b c d e Farrokh, Kaveh. Shadows in the desert: ancient Pérsia at war, p.119ff. Books.google.co.jp.
  2. Justino, xli. 4
  3. Will: I, 1966
  4. "Hic solitus latrociniis et rapto uiuere accepta opinione Selencum a Gallis in Asia uictum, solutus regis metu, cum praedonum manu Parthos ingressus praefectum eorum Andragoran oppressit sublatoque eo imperium gentis inuasit." Justino, xli. 4.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Will, Edouard. Histoire politique du monde hellénistique (323 av. J.-C.). Nancy: Berger-Levrault, 1966-.