André Arjonas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2010)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Santo Expedito, na Igreja São José
Altar-mor da Igreja São José, com imagem de São José e o Menino Jesus

Andrés Arjona Guillén, mais conhecido como André Arjonas, foi um escultor e arquiteto nascido em Antequera, província de Málaga, Espanha, em 30 de novembro de 1885.

Emigrou para o Brasil com seu pai em 1893, fixando-se primeiramente em São Paulo, e em 1899 transferindo-se para Porto Alegre, de onde não mais saiu. Aprendeu desenho com José Lopes Silva, e em 1901 ingressou no atelier de escultura de Jacob Aloys Friedrichs, tornando-se discípulo de José Martinez.

Foi autor de inúmeros projetos para templos, e realizador de outros tantos monumentos, esculturas e altares na capital e no interior do Rio Grande do Sul, incluindo o altar-mor da Catedral Metropolitana de Porto Alegre, o risco da Capela do Divino Espírito Santo e o altar-mor e estatuária complementar, incluindo um magnífico Santo Expedito e o grande crucifixo que pende do teto sob o arco do cruzeiro, na Igreja São José, também em Porto Alegre.

Escultor da marmoraria do "mestre" Aloys Friederichs que, aproximando-se do ideário anarquista, preferia não assinar suas obras por considerar-se um operário e não artista.

Suas esculturas encontram-se no cemitério da Santa Casa de Misericórdia e foram identificados com a ajuda do filho do escultor, Mário Arjonas, quando estas foram estudadas por uma equipe de pesquisadores da PUCRS, coordenados pelo Prof. Harri Bellomo.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • A democracia. Porto Alegre. 13/08/1905, p. 5.
  • Bilhão, Isabel. Identidade e trabalho: Uma história do operariado Porto-alegrense (1898-1920). Londrina, Eduel, 2008, p. 45.
  • Corona, Fernando. 50 Anos de Formas Plásticas e seus Autores. In Enciclopédia Rio-Grandense. Porto Alegre.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre André Arjonas