André Diamant

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
André Diamant
André Diamant, Madrid 2008
Nascimento 9 de Fevereiro de 1990 (24 anos)
Fortaleza
Ocupação enxadrista

André Diamant (Fortaleza, 9 de fevereiro de 1990) é um enxadrista brasileiro, detentor do título de Grande Mestre Internacional (GM) de xadrez, concedido pela FIDE em 2009.

Diamant aprendeu os princípios do jogo com o seu pai Jean Pierre aos quatro anos de idade. Aos seis anos de idade começou a ser treinado por Sidney Corrêa Filho. Aos oito anos tomou aulas de xadrez no Clube A Hebraica, vindo a apresentar um excepcional desempenho como jovem enxadrista. Em 2000, com o patrocínio do clube, fez um estágio de quatro meses em São Petersburgo, na academia de Alexander Khalifman, um dos melhores enxadristas do mundo e depois seguiu para aprofundar seus conhecimentos na estudar na Espanha. Conquistou os títulos de campeão pan-americano em 2001 na categoria sub-12 e de campeão paulista e brasileiro na categoria sub-16. Diamant também já integrou a equipe olímpica brasileira, tendo representado o país na 38ª Olimpíada de Xadrez, além de ter obtido a medalha de prata na Macabíada Mundial, ocorrido na cidade de Jerusalém.[1] [2]

Em 2008, com apenas dezoito anos de idade, conquistou o título de campeão brasileiro na 75ª edição do Campeonato Brasileiro Absoluto de Xadrez, realizado entre os dias 7 e 16 de dezembro de 2008, na sinagoga da União Israelita Porto-Alegrense, superando o campeão anterior, o GM gaúcho Giovanni Vescovi. Diamant obteve oito pontos em onze possíveis, sendo seis vitórias, quatro empates e apenas uma derrota. Com a presença de cinco GMs e quatro MIs em um round-robin com doze jogadores, a final do campeonato de 2008 atingiu a categoria nove, sendo considerada a mais forte ocorrida no país, considerando-se que todos os participantes são ex-campeões brasileiros.[3] O título concedeu a Diamant sua segunda norma de GM. A Confederação Brasileira de Xadrez considerou esta final a de mais alto rating médio dos últimos tempos.[4]

Em 2009, Diamant conquistou a terceira e definitiva norma do título de Grande Mestre no Magistral Internacional Partido de La Costa, realizado em Mar de Ajó, Argentina, tornando-se o oitavo Grande Mestre brasileiro da atualidade.[5]

Diamant está se graduando em Sistemas de Informação, é pai de Isaac, nascido em 2008, e o seu treinador atual é o GM Gilberto Milos.[2]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • De ascendência judaica, Diamant disputava suas partidas de xadrez usando um quipá (solidéu), assim como fazia o célebre Akiba Rubinstein. Atualmente ele vem utilizando um boné com a mesma finalidade religiosa.
  • A final do campeonato brasileiro absoluto de 2008 foi a primeira na história do enxadrismo mundial a ser realizada em uma sinagoga.
  • Na conquista do campeonato brasileiro de 2008, ele perdeu apenas uma partida contra o MI Krikor Mekhitarian, após 163 lances em uma partida que aparentemente estava empatada.
  • Aprecia futebol e é torcedor do Santos Futebol Clube.

Referências

  1. André Diamant. Visitado em 03 de janeiro de 2009.
  2. a b André Diamant, de 19 anos, é o mais novo grande mestre. É apenas o 8.º brasileiro a ostentar esse título. Visitado em 16 de abril de 2009.
  3. André Diamant é o novo campeão brasileiro de Xadrez 2008. Visitado em 31 de dezembro de 2008..
  4. Comunicado CBX nº 281/2008. Visitado em 05 de janeiro de 2009.
  5. Comunicado CBX nº 19/2009. Visitado em 14 de abril de 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

A Wikipédia possui o
Portal de Enxadrismo


Ícone de esboço Este artigo sobre enxadrismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.