André Malraux

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
André Malraux
Nacionalidade  França
Data de nascimento 3 de novembro de 1901
Local de nascimento Paris, França
Data de morte 23 de Novembro de 1976 (75 anos)
Local de morte Créteil, França
Ocupação Escritor
Magnum opus As Vozes do Silêncio

André Malraux (Paris, 3 de novembro de 1901Créteil, 23 de novembro de 1976) foi um escritor francês de assuntos políticos e culturais. Foi enterrado no Panteão de Paris, local destinado a personalidades notáveis da França. É além de um grande escritor um grande pensador da época. Tanto que Hannah Arendt em um ensaio sobre as contribuições européias contemporâneas para a filosofia política discute a obra de Malraux. Foi amigo pessoal de Albert Camus, assim como de Charles De Gaulle. Participou ativamente da resistência francesa durante a ocupação nazista na Segunda Guerra Mundial.

Frase: "Toda arte é uma revolta contra o destino do homem" André Malraux (1901-1976), escritor francês

Bibliografia selecionada[editar | editar código-fonte]

  • Lunes en papier Clarabellla, 1921
  • La Tentation de l'Occident, 1926
  • Les Conquérants, 1928
  • Royaume-Farfelu, 1928
  • La Voie royale, 1930
  • La Condition humaine, 1933, Prêmio Goncourt. (A condição humana)
  • Le Temps du mépris, 1935
  • L'Espoir, 1937
  • Le Démon de l'Absolu, 1946
  • Esquisse d'une psychologie du cinéma, 1946
  • Les Voix du silence, 1951 (As Vozes do Silêncio)
  • Antimémoires, 1967
  • Les Chênes qu'on abat..., 1971
  • Oraisons funèbres, 1971
  • La Tête d'obsidienne, 1974
  • Lazare, 1974
  • Hôtes de passage, 1975
  • La Corde et les souris, 1976
  • Le Miroir des Limbes, 1976
  • L'Irréel, La Métamorphose des Dieux. II, 1975
  • L'Intemporel, La Métamorphose des Dieux. III, 1976
  • L'Homme précaire et la littérature, 1977 (póstumo)


Precedido por
Georges Duhamel
Lorbeerkranz.png Correspondente da ABL - fundador da cadeira 13
1967 — 1976
Sucedido por
Roger Caillois


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre André Malraux
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: André Malraux