Andréas Papandréu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Andréas Papandréu
Ανδρέας Γεώργιος Παπανδρέου
Andréas Papandréu
Ανδρέας Γεώργιος Παπανδρέου
Primeiro-ministro Flag of Greece.svg Grécia
Período de governo 1º - 21 de Outubro de 1981
até 2 de Julho de 1989

2º - 13 de Outubro de 1993
até 22 de Janeiro de 1996

Antecessor(a) 1º - Georgios Rállis
2º - Konstantínos Mitsotákis
Sucessor(a) 1º - Tzanís Tzannetákis
2º - Konstantínos Simítis
Vida
Nascimento 5 de Fevereiro, 1919
Quíos
Morte 23 de Junho, 1996
Atenas
Dados pessoais
Primeira-dama Margaret Papandreou
Partido PASOK
Profissão professor e político

Andréas Geórgios Papandréu, em grego Ανδρέας Γεώργιος Παπανδρέου, (Quíos, 5 de Fevereiro, 1919Atenas, 23 de Junho, 1996) foi um político e economista grego. Serviu duas vezes como Primeiro Ministro da Grécia (de 21 de outubro de 1981 a 2 de julho de 1989 e de 13 de outubro de 1993 a 22 de janeiro de 1996).

Filho do também político Georgios Papandreou, estudou num colégio norte-americano e cursou Direito na Universidade de Atenas. Por ser partidário de ideias trotskistas, foi preso. Uma vez libertado, viajou para os EUA, onde obteve um doutoramento pela Universidade de Harvard. Em 1944 tornou-se cidadão norte-americano. Depois de cumprir serviço militar na Marinha dos EUA, leccionou em várias universidades.

Em 1963, ano em que o seu pai se tornou primeiro-ministro da Grécia, Andreas Papandreou prescindiu da cidadania norte-americana, regressando ao seu país de origem sendo eleito para o Parlamento.

Em 1965 o Governo de seu pai foi derrubado. Andreas foi novamente preso quando do golpe de Estado de 1967, que instalou a Ditadura dos Coronéis (1967-1974). Exilou-se e voltou a leccionar, desta vez na Universidade de Estocolmo e em Toronto, ajudando ao mesmo tempo a formar a resistência ao regime militar, que cairia em 1974.

De regresso à Grécia, formou o PASOK (em grego, Πανελλήνιο Σοσιαλιστικό Κίνημα, Panellínio Sosialistikó Kínima, ΠΑ.ΣΟ.Κ, ou "Movimento Socialista Pan-helênico"), um partido de esquerda social-democrata, ligado à Internacional Socialista, que seria de grande importância para a consolidação da democracia no país. Foi eleito primeiro-ministro em 1981, desempenhando o cargo até 1993, apesar de certos escândalos políticos, financeiros e até de ordem pessoal que perturbaram os seus sucessivos mandatos. Papandreou foi o primeiro-ministro socialista da Grécia, tendo conseguido os seus votos através de uma retória populista e antiocidental.

A Fundação Andréas Papandreou surgiu neste mesmo ano com interesses na investigação social, análise política e construção da paz tendo em conta as visões do ex-primeiro-ministro grego.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.